conecte-se conosco


Policial

Adolescente é sequestrada e espancada por dois homens; pai seria o mandante

Publicado

Adolescente é sequestrada e espancada por dois homens; pai seria o mandante

Adolescente, de 17 anos, que já foi violentada pelo próprio pai no Acre, há pelo menos um ano atrás, sofre nova tentativa em Santo Antônio do Leverger (a 80 km de Cuiabá). O crime ocorreu na tarde desta sexta (7) quando a menina foi ligar a bomba de água no fundo da casa de uma tia e dois homens armados encapuzados rasgaram as roupas dela e tamparam a boca. Eles a arrastaram para o mato dizendo “ te achei, te achei”.

O crime, que foi registrado como tortura mediante sequestro por motivação sexual, só não foi concretizado porque os suspeitos ouviram os gritos da tia da menina e a soltaram.

Consta no boletim de ocorrência que a Polícia Militar foi acionada após a tia comunicar o desaparecimento da adolescente. Quando notou a demora, ela foi atrás da sobrinha, porém familiares perceberam a demora e foram procurar pela adolescente. Eles não a encontraram, entretanto, havia fios de cabelos na cerca. Então, acionaram a Polícia Militar.

Leia mais:  Homem descobre nudes da esposa; cita amor, mas pede para ela deixar casa ; veja vídeo

Na residência, os militares conversaram com os moradores e saíram em busca da garota. Populares informaram aos policiais que escutaram a voz de uma mulher gritando por socorro na mata. Eles foram até o local e resgataram a vítima.

A adolescente contou que dois homens pardos, armados, usando short jeans e camiseta, chegaram na chácara onde mora e disseram: “te achei, te achei”. Em seguida, colocaram a mão na sua boca, rasgaram suas roupas e saíram a arrastando para longe. Ela chegou a ser agredida e ameaçada.

Em dado momento, eles se distraíram e ela gritou por socorro, saiu correndo e subiu em uma árvore para se esconder. Com isso, os homens fugiram.

Aos policias, a vítima contou que aos seis anos foi estuprada pelo pai, conhecido como Juanito, no Estado do Acre, onde morava. Depois da violência sexual que sofreu, ela veio morar com sua tia em Mato Grosso, onde vive há 11 anos.

Na época, ele prometeu que encontraria a filha, e a família teme que isso seja coisa do pai da vítima.

Leia mais:  Homem é expulso de bar e briga em pátio de posto; veja vídeos

Os agressores continuam foragidos e a polícia procura por eles. O caso é investigado pela delegacia da cidade.

publicidade

Policial

Mulher é encontrada morta em quarto de hotel que estava com o marido e polícia investiga

Publicado

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Mulher é encontrada morta em quarto de hotel que estava com o marido e polícia investiga

A Polícia Civil realiza juntamente com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) nesta quarta-feira (09), exames complementares para apurar a causa da morte de Edilene Alves Nogueira, de 32 anos, ocorrida no quarto de um hotel do município de Paranatinga (373 quilômetros de Cuiabá), em junho deste ano.

Leia mais:
Criminosos usam foto de médica picada por jararaca para aplicar golpes

Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Flávio Souza Braga, os exames complementares foram solicitados pela Polícia Civil após durante as investigações surgirem algumas dúvidas no caso, que inicialmente era tratado como suicídio.

De acordo com o primeiro laudo da perícia, realizado no dia da morte da vítima, o local de crime não foi preservado. Os exames complementares, realizados no quarto de hotel em que ocorreu o fato, tem objetivo de verificar informações como a posição da arma de fogo e do corpo da vítima no momento da queda.

“A perícia no local de crime fez algumas pontuações que precisavam ser esclarecidas e o laudo dos exames complementares devem ficar pronto em 30 dias para conclusão da linha de investigação”, disse o delegado.

Leia mais:  Mulher tenta defender irmã e tem braço quebrado em MT

Entenda o caso

A morte de Edilene Alves Nogueira, de 32 anos, ocorreu na noite de 24 de junho, no quarto de um hotel no município de Paranatinga, onde ela e seu marido estavam hospedados. No local, a vítima foi encontrada caída com um ferimento de disparo de arma de fogo na região da cabeça. Ela chegou a ser socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

FONTE: OLHAR DIRETO

Continue lendo

Policial

LOUCURA DE AMOR / Homem agride mulher, derruba portão e põe fogo em casa em MT

Publicado

LOUCURA DE AMOR

Homem agride mulher, derruba portão e põe fogo em casa em MT

Da Redação

PORTAOCAIDO-BEBADO.jpeg

Em Rondonópolis, a Polícia Militar prendeu um homem de 29 anos por agredir e ameaçar de morte a esposa, na noite de terça-feira (08.09), no Residencial Alfredo de Castro. O suspeito chegou a colocar fogo na porta da residência do filho da vítima e foi preso em flagrante pela PM.

A ocorrência foi registrada pela PM por volta das 20h, a vítima contou aos policiais que, motivado por ciúmes, o marido lhe agrediu com socos, chutes e que teria até tentado enforcá-la, o que ocasionou diversas lesões no pescoço da denunciante. Durante as agressões, a mulher conta que o suspeito a ameaçou de morte.

FONTE: FOLHA MAX

Leia mais:  DESCONTROLADA / Mulher é presa por agredir o marido e tentar matar a filha
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana