conecte-se conosco


Carros

Barcelona proíbe circulação de carros antigos

Publicado

Medida vai tirar das ruas carros a gasolina anteriores a 2000 e a diesel de antes de 2006. Barcelona luta há décadas para reduzir poluição e melhorar qualidade do ar

A cidade de Barcelona, na Espanha, proibiu a circulação de carros mais antigos com motor a combustão em mais da metade da cidade. Modelos a gasolina fabricados antes de 2000 e a diesel anteriores a 2006 estão proibidos de rodar numa região de 59,5 quilômetros quadrados. Barcelona se estende por 102 quilômetros quadrados.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

A restrição, no entanto, não é total. No entanto, os veículos mais antigos só poderão circular no centro expandido barceloneta à noite ou nos fins de semana. A proibição vale de 7h às 20h em dias de semana.

Os motoristas terão três meses para se acostumar com as restrições, período no qual receberão apenas advertências. As multas serão aplicadas a partir de abril e variam entre 100 e 150 euros, cerca de R$ 680. A fiscalização será feita por 150 câmeras instaladas na cidade.

Leia mais:  Acionistas da Nissan aprovam novo sistema de direção da empresa após escândalo Ghosn

Donos de carros usados para trabalho terão que provar que ganham menos de 8 mil euros por ano para receber um ano de prazo para substituírem seus veículos mais antigos. Veículos registrados fora da Espanha poderão ficar isentos da proibição mediante autorização da prefeitura.

Barcelona deve tirar 50 mil carros das ruas

De acordo com a administração local, cerca de 50 mil carros antigos deixarão de circular diariamente no centro de Barcelona. Em 2021 o número irá crescer com a proibição também de caminhões, furgões e ônibus antigos.

A medida deverá finalmente ajudar a cidade a se encaixar nas metas antipoluição estipuladas pela União Europeia. Desde 2002 a cidade polui mais do que o limite e estima-se que a baixa qualidade do ar tenha vitimado 424 pessoas entre 2010 e 2017. Os dados são da secretaria de saúde da cidade.

Fonte:Jornal do Carro

publicidade

Carros

Novo Volkswagen Polo GTS será vendido por R$ 103.440

Publicado

Volkswagen Polo GTS chega às lojas no fim de janeiro e já tem tabela de preço sugerido divulgada pelas concessionárias

O Volkswagen Polo GTS, versão esportiva do hatch compacto da marca, será vendido por R$ 103.440. Pelo menos é este o preço que aparece em uma tabela de uma concessionária conseguida com exclusividade pelo perfil do Instagram @polomk6club.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O modelo começa a ser vendido no fim de janeiro e tem motor 1.4 TSI de 150 cv. Este preço da lista da loja mostra o carro na cor cinza metálica, com a qual ele aparece em todas as fotos de divulgação. E com o som Beats como opcional.

Se retirados estes dois itens, que são opcionais em outras versões do Polo, o preço cai para R$ 99.470. Mas como só há esta versão na lista, é possível que ele venha sempre com este pacote. Pelo menos em um primeiro momento.

Polo GTS já foi avaliado

O Jornal do Carro, inclusive, já avaliou o Polo GTS, em algumas voltas com ele no autódromo da Fazenda Capuava, no interior de São Paulo. O resultado foi positivo, no fim da avaliação. Veja como ele se comportou lendo a avaliação que está aqui!

Leia mais:  Balanço do semestre: quem ganhou, quem perdeu e o que esperar até o fim do ano

Fonte:Jornal do Carro

Continue lendo

Carros

Corolla fica até R$ 5 mil mais caro em 2020

Publicado

Nova tabela tem aumentoa entre R$ 2 mil e R$ 5 mil em todas as versões do sedã. Corolla agora parte de R$ 101.990

Toyota mal esperou 2020 começar para revelar a nova tabela de preços do Corolla, a novidade de 2019. E, como previsto, todas as versões do sedã ficaram mais caras com a virada do ano. Agora, a variante mais “em conta”, a GLi 2.0, custa R$ 101.990. A alta foi de R$ 2 mil em relação ao ano passado.

A versão intermediária XEi 2.0 também aumentou R$ 2 mil e foi a R$ 112.990. A Altis subiu R$ 4 mil e foi a R$ 128.990. Todas são equipadas com o motor 2.0 de 177 cv e 21,4 mkgf associado ao câmbio automático CVT. A versão Altis Hybrid custava o mesmo variante 2.0 e também passou a R$ 128.990.

Mais caro que Prius

O maior aumento ficou para a “cereja do bolo” e uma das versões mais procuradas do Corolla. A Altis Premium Hybrid subiu R$ 5 mil e chega a custar R$ 135.990. O novo preço deixou o Corolla de topo mais caro até que o Prius, vendido por R$ 134.990 ainda na linha 2019.

Leia mais:  Novo SUV da Fiat é flagrado em São Paulo

Os Corolla de topo são bem equipados. Há itens como controle de cruzeiro adaptativo, ar-condicionado de duas zonas, chave presencial com partida por botão e alertas de faixa de rolamento e ponto cego. A central multimídia tem Apple CarPlay e Android Auto.

A diferença do Corolla híbrido para o Prius é que o motor 1.8 é flexível e ligeiramente mais potente, com 101 cv ante 98 cv modelo japonês. No entanto, o Prius tem itens não disponíveis no Corolla, como sistema de som com alto-falantes da JBL e carregador sem fio para celulares.

Fonte:Jornal do Carro

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana