conecte-se conosco


Mato Grosso

Cedca realiza processo de escolha dos membros representantes da Sociedade Civil

Publicado

O Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente (Cedca-MT), vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), convoca as instituições da sociedade civil organizada, de âmbito estadual e intermunicipal, para o processo de escolha dos membros representantes da Sociedade Civil, para o biênio de 2020/2021.

A Assembleia Geral será realizada no dia 15 de outubro, às 14h, na sala da Escola de Conselhos “Rosarinha Bastos” localizada na Rua General Valle, 567, Bairro Bandeirantes, em Cuiabá. Poderão participar do processo eleitoral somente as entidades da sociedade civil organizada de âmbito estadual e intermunicipal.

Serão eleitas 18 instituições: nove ocuparão as vagas para titulares e nove as de suplentes, representando diversos segmentos de promoção, proteção e defesa, conforme o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA).

Entre as instituições que devem participar estão: a Associação de Amigos da Criança com Câncer (AACC-MT), Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Associação de Primeira-Damas dos Municípios do Estado de Mato Grosso (APDM), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Comitê Pró-Infância, Conselho Regional de Serviço Social (Cress), Fundação Fé e Alegria, Federação Espírita (Feemt),Conselho Regional de Psicologia (CRP), entre outros.

Leia mais:  Parcerias firmadas pela PJC possibilitam novo prédio para delegacia no interior

Para mais informações  entrar em contato por e-mail : cedca@setasc.mt.gov ou por telefone : (65) 3624-5796.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Ex-vereador de São José do Xingu é morto a tiros no Distrito de Espigão do Leste

Publicado

A suspeita é de acerto de contas, visto que a vítima era envolvida com o tráfico de drogas e grilagem de terras

O ex-vereador de São José do Xingu Luiz Freitas Lopes, de 57 anos, mais conhecido como Luiz da Carlozita, foi morto por volta de 22h de terça-feira (19), no Distrito de Espigão do Leste, há cerca de 200 km de São Félix do Araguaia.

Conforme apurou o site Olhar Alerta, consta no boletim de ocorrência que a Polícia Militar foi acionada por populares, pois possivelmente teria ocorrido disparos de arma de fogo próximo a uma oficina. Quando a guarnição chegou ao local, localizou Luiz e o encaminhou até o pronto atendimento, onde os profissionais competentes constataram que ele já estava sem vida. Luiz da Carlozita foi morto com cerca de seis tiros.

Os policiais fizeram rondas pelo distrito afim de localizar o atirador, contudo, não obtiveram êxito. A suspeita é de acerto de contas, visto que a vítima era envolvida com o tráfico de drogas e grilagem de terras. O caso deverá ser investigado pela Polícia Judiciária Civil

Leia mais:  Parcerias firmadas pela PJC possibilitam novo prédio para delegacia no interior

Fonte:Olhar alerta

Continue lendo

Mato Grosso

Governo fecha outubro com R$ 71 milhões provisionados para pagar o 13º salário

Publicado

Pela primeira vez no ano, o Governo do Estado conseguiu fechar o mês com recurso provisionado para o pagamento do 13º salário do servidor público. Já está no caixa do Executivo o valor de R$ 71 milhões, que serão destinados para a quitação da folha extra de dezembro.

De acordo com o balanço do mês de outubro, que foi apresentado ao governador Mauro Mendes nesta terça-feira (19.11), o Estado arrecadou R$ 1.732.119.702, o maior valor acumulado do ano. O Governo tinha um saldo na conta única no dia 1º de outubro no valor de R$ 49.561.685 e o total de despesas no mês foi de R$ 1.558.189.595.

No mês passado foi possível efetuar o pagamento de R$ 152.174.631 de despesas acumuladas do ano de 2019 e ainda provisionar o valor de R$ 71 milhões para quitar o 13º salário.

Nas despesas fixas mensais, o Estado utilizou R$ 305.576.654 para o pagamento da folha salarial dos servidores ativos e R$ 180.761.058 dos aposentados e pensionistas.

Com relação aos repasses obrigatórios aos poderes, o Governo transferiu para a conta do Tribunal de Justiça o valor de R$ 88.215.266; para Assembleia Legislativa, R$ 40.828.828; Ministério Público Estadual, o valor foi de R$ 35.619.029; para o Tribunal de Contas do Estado o repasse foi de R$ 29.171.648; e a Defensoria Pública recebeu a quantia de R$ 13.630.898.

Leia mais:  PM traça plano de segurança para ‘Parada da Diversidade Sexual’

As prefeituras receberam em repasse obrigatório a quantia de R$ 330.091.224. Na Educação, o valor do Fundeb foi de R$ 182.460.790 e mais o repasse de R$ 18.852.082. A Saúde Pública ficou com R$ 51.466.383.

O balanço registrou que o custeio das secretarias ficou na ordem de R$ 130.654.270 e os repasses para Iagro, Imad, Imafir e Detran, na ordem de R$ 2.586.682.

Foi possível também repassar no mês de outubro a quantia de R$ 23.678.338 às contas especiais do MT Saúde, MT Prev e Feef. Os bloqueios judiciais totalizaram a quantia de R$ 8.546.624.

Com investimentos, o valor gasto foi de R$ 8.549.353, aqui não é contabilizado o recurso investido pelo Fethab (Fundo Estadual de Transporte e Habitação). Já com o pagamento de dívidas com bancos, o valor despendido foi de R$ 107.620.469.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana