conecte-se conosco


Mato Grosso

Cefapro realiza formação para mais de 200 profissionais da educação em dois municípios

Publicado

Durante três dias, o Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica (Cefapro) de Cuiabá realizou uma formação para mais de 200 profissionais da educação nos municípios de Nova Brasilândia (215 quilômetros ao sul de Cuiabá) e Planalto da Serra (256 quilômetros ao sul de Cuiabá) tendo como foco central a discussão do Documento de Referência Curricular de Mato Grosso (DRC). O curso, que terminou na última sexta-feira (13.09), foi realizado em parceria com a Assessoria Pedagógica de Nova Brasilândia e secretarias municipais de educação dos dois municípios.

Segundo o diretor do Cefapro de Cuiabá, Ezemar Mourão da Silva, participaram 20 professores formadores, sendo 10 em cada cidade. Nos três dias, professores, técnicos e apoio administrativos tiraram suas dúvidas sobrea a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), deixando os participantes satisfeitos.

É o caso da professora Adriely Freitas da Silva que leciona biologia na Escola Estadual Alvarina Alves de Freitas, em Planalto da Serra, que aproveitou a formação para comparar as inúmeras formas de trabalho que podem ser feitas em sala de aula. “Para mim, esse curso do Cefapro foi uma oportunidade única. Espero que venham mais formações continuadas como esta”, comemora.

Leia mais:  Telemetria é implantada em 300 autoescolas de Mato Grosso

No entendimento da professora Edilaine Silva Ferreira, da EE José Maria do Sacramento, em Planalto da Serra, a formação serviu para tirar dúvidas sobre a BNCC e também melhorar o ensino aprendizado, para que os professores tenham um bom embasamento sobre o tema na hora de dialogar com os alunos. “Essa parceria com Cefapro é fundamental para um bom curso”, ressalta.

A apoio à nutrição Irene Valadares de Medeiros e sua colega, a apoio à limpeza Rosane do Nascimento também elogiaram o curso. “Essa formação trouxe muita informação sobre o tema principal e demais temas. Os formadores nos estimularam o tempo todo, sempre nos animando para sermos profissionais da educação cada vez melhores. São cursos assim que precisamos sempre”, assinalam as profissionais.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Onça parda é capturada em residência de Cáceres e solta novamente na mata

Publicado

Uma onça parda que foi retirada de dentro de uma residência, no bairro Cavalhada, em Cáceres, foi capturada sem ferimentos e solta em uma região de mata. A ação ocorreu de forma conjunta entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Diretoria de Unidade Desconcentrada de Cáceres, Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, Juizado Volante Ambiental (Juvam) ,Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Prefeitura de Cáceres.

Toda a ação foi acompanhada pelos médicos veterinários Ederson Viaro e Reginaldo Bicudo, que auxiliaram na retirada do animal. Eles realizaram o procedimento de captura por meio de dardos anestésicos para longas distâncias.

“Após 20 minutos o animal estava sedado e foi acondicionado em uma jaula para ser solto novamente na natureza. É um macho entre 45 e 50 kg e com idade entre 18 e 24 meses. Ele estava em perfeito estado de saúde, sem escoriações ou lesões aparentes, bem hidratado, sem febre, sem ectoparasitos”, explicou Ederson Viaro, que se deslocou de Lambari D’ Oeste para ajudar na operação.

Leia mais:  Escolas campeãs estaduais das modalidades coletivas são definidas em Mato Grosso

De acordo com Ederson, moradores locais relataram que, apesar de ser uma área urbana, situa-se nas proximidades de um córrego e do Rio Paraguai e que o local tem presença frequente de capivaras. “Desta forma, um dos prováveis motivos foi que a onça, em perseguição a um animal, se assustou com a presença de cães ou pessoas e adentrou na residência para se proteger”, pontuou o médico veterinário.

O diretor da Regional de Cáceres, Luiz Sérgio Garcia, explicou que a operação de captura ocorreu a partir de uma denúncia pelo 190 e a comunicação aos órgãos ambientais. A participação da Sema e Polícia Militar Ambiental se justificou pelo fato do animal se encontrar cativo dentro de uma residência. Em casos de animais silvestres que aparecem em ruas de vilas ou bairros a responsabilidade é do Ibama e ICMbio, que fazem o Manejo de Fauna em Vida Livre.

Após a avaliação clínica, Sema, Polícia Militar Ambiental e os médicos veterinários decidiram realocar o animal nas proximidades de onde se encontrava, na BR-174, em um ambiente semelhante ao habitat que vivia.

Leia mais:  PM intercepta quadrilha que roubou caminhonete em Lucas do Rio Verde

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Onça é capturada em residência de Cáceres e solta novamente na mata

Publicado

Uma onça parda que foi retirada de dentro de uma residência, no bairro Cavalhada, em Cáceres, foi capturada sem ferimentos e solta em uma região de mata. A ação ocorreu de forma conjunta entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Diretoria de Unidade Desconcentrada de Cáceres, Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, Juizado Volante Ambiental (Juvam) ,Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Prefeitura de Cáceres.

Toda a ação foi acompanhada pelos médicos veterinários Ederson Viaro e Reginaldo Bicudo, que auxiliaram na retirada do animal. Eles realizaram o procedimento de captura por meio de dardos anestésicos para longas distâncias.

“Após 20 minutos o animal estava sedado e foi acondicionado em uma jaula para ser solto novamente na natureza. É um macho entre 45 e 50 kg e com idade entre 18 e 24 meses. Ele estava em perfeito estado de saúde, sem escoriações ou lesões aparentes, bem hidratado, sem febre, sem ectoparasitos”, explicou Ederson Viaro, que se deslocou de Lambari D’ Oeste para ajudar na operação.

Leia mais:  Telemetria é implantada em 300 autoescolas de Mato Grosso

De acordo com Ederson, moradores locais relataram que, apesar de ser uma área urbana, situa-se nas proximidades de um córrego e do Rio Paraguai e que o local tem presença frequente de capivaras. “Desta forma, um dos prováveis motivos foi que a onça, em perseguição a um animal, se assustou com a presença de cães ou pessoas e adentrou na residência para se proteger”, pontuou o médico veterinário.

O diretor da Regional de Cáceres, Luiz Sérgio Garcia, explicou que a operação de captura ocorreu a partir de uma denúncia pelo 190 e a comunicação aos órgãos ambientais. A participação da Sema e Polícia Militar Ambiental se justificou pelo fato do animal se encontrar cativo dentro de uma residência. Em casos de animais silvestres que aparecem em ruas de vilas ou bairros a responsabilidade é do Ibama e ICMbio, que fazem o Manejo de Fauna em Vida Livre.

Após a avaliação clínica, Sema, Polícia Militar Ambiental e os médicos veterinários decidiram realocar o animal nas proximidades de onde se encontrava, na BR-174, em um ambiente semelhante ao habitat que vivia.

Leia mais:  Mato Grosso participará da maior feira multisetorial da América Latina

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIZ DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana