conecte-se conosco


Saúde

Dois cosméticos para cabelo e unha são proibidos pela Anvisa

Publicado

O alisante capilar Forever Liss Btox e o produto para unhas Keraprimer não podem mais ser vendidos no Brasil por falta de registro

Um recado para quem usa produtos de beleza. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de proibir a venda do alisante capilar Forever Liss Btox– utilizado em escovas progressivas – e o cosmético Keraprimer, que tem o objetivo de preparar a mão para unhas postiças.

O Forever Liss Btox, fabricado pela Aguss Indústria e Comércio, foi vetado por falta de registro. E por que isso é importante? Para atestar a segurança do produto e sua eficiência. Além disso, todo alisante merece cuidado especial, uma vez que não pode carregar formol em sua fórmula – a substância é cancerígena.

Meses antes, lotes específicos do Forever Liss Btox haviam sido proibidos. Isso porque foram identificados restos de formol na formulação.

A falta de registro também foi a causa da proibição do Keraprimer. O cosmético, da marca Keragel, prepara a unha para a colocação de unhas em gel ou acrílico.Ambos os cosméticos já estão sendo recolhidos.

Leia mais:  Qualidade de vida e saúde das Mulheres com Síndrome de Turner

Fonte:Saúde Bem Estar

publicidade

Saúde

Cúrcuma na prevenção do câncer de estômago

Publicado

Tempero, também chamado de açafrão-da-terra, teria o potencial de defender o DNA das células frente à doença

curcumina, substância que dá a cor alaranjada ao açafrão-da-terra (ou cúrcuma), virou destaque numa revisão científica focada em ingredientes com capacidade de reduzir o risco de cânceres gástricos. “Ela age nas histonas, proteínas que formam um núcleo em torno do qual o DNA se enrola”, diz a biomédica Danielle Calcagno, da Universidade Federal do Pará, que assina o artigo junto com colegas da Universidade Federal de São Paulo.

Na prática, significa que a substância pode ativar ou silenciar genes, alguns relacionados ao aparecimento do tumor. Segundo Danielle, como os dados vêm de experimentos feitos em laboratório, não é possível estabelecer no momento qual a quantidade do tempero propiciaria os benefícios.

Outras substâncias que exibiram ação anticâncer

Resveratrol: o componente é encontrado em uvas, amoras, morangos e no vinho tinto.

Colecalciferol: é a forma da vitamina D obtida de peixes gordurosos, como atum e salmão.

Quercetina: é um flavonoide presente em abundância em maçãs, brócolis, cebolas etc.

Leia mais:  Qualidade de vida e saúde das Mulheres com Síndrome de Turner

Garcinol: esse é isolado de cascas de uma fruta conhecida como kokum, originária da Índia.

Tempero que emagrece? Não é bem assim

Na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, cientistas testaram a cúrcuma em camundongos para saber se ela induziria um efeito de perda de peso.

“Além de não comprovarmos a hipótese, os animais que receberam o preparo apresentaram infiltração de gordura no pâncreas, sugerindo um efeito tóxico”, conta a nutricionista Caroline Bertoncini Silva, responsável pela pesquisa.

Fonte:Goretti Tenorio

Continue lendo

Saúde

Como se proteger da micose

Publicado

Esses fungos podem causar infecções incômodas e resistentes na pele do corpo todo. Aprenda a evitar e combater direito o problema

Só a bela e perfeita bailarina da música de Chico Buarque é que não tem “coceira, berruga nem frieira”. Na vida real todo mundo pode ser vítima dos fungos causadores de micoses, especialmente nos dias quentes. E a frieira, também chamada de pé-de-atleta, é uma das mais comuns.

Os especialistas costumam classificar as tais infecções fúngicas em superficiais ou profundas. As primeiras são endêmicas, isto é, ocorrem quando as condições ambientais — calor, umidade, pouca luz e presença de matéria orgânica — favorecem o crescimento de fungos.

Já as micoses profundas, em geral oportunistas, acometem pessoas que apresentam grave deficiência imunológica. É o caso de pacientes de câncer, aids ou os internados em unidades de terapia intensiva, alvos fáceis de micro-organismos que podem invadir órgãos internos e causar altos índices de mortalidade.

Essas infecções invasivas vêm aumentando nos últimos anos, fruto paradoxal da eficácia da Medicina no tratamento de doenças graves. Explica-se: a maior sobrevida e o tempo prolongado em ambiente hospitalar elevam o risco de infecções. Felizmente, há cada vez mais medicamentos antifúngicos que tendem a reduzir o número de vítimas fatais.As micoses superficiais — que atingem pele e unhas — em geral não trazem maiores riscos para a saúde da imensa maioria da população. O que não quer dizer que dispensem atenção, porque comprometem a qualidade de vida. Elas devem, sim, ser tratadas.

Leia mais:  Infecção bacteriana mata 11 bebês em hospital do Quênia

Fonte:Theo Ruprecht

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIZ DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana