conecte-se conosco


Mato Grosso

Em 2020, PM ampliará cursos de capacitação e aprimoramento técnico para tropa

Publicado

A  tropa da Polícia Militar de Mato Grosso passou por mais de 2.100 cursos, treinamentos e capacitações ao longo do ano de 2019. As qualificações foram ofertadas pela Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (Deip) da PM.

A formação continuada do policial é uma das prioridades da gestão, para garantir ações eficazes de segurança pública, seja salvando vidas, auxiliando a população na garantia de seus direitos fundamentais ou combatendo ostensivamente a criminalidade nos 141 municípios do estado.

Capacitações como curso básico de tiro em arma curta raiada, a 5º edição do curso de policiamento montado da Cavalaria da PM, de patrulhamento rural, ações táticas especiais, formação de especialistas em batedor  e também de técnicas de controle e submissão tiveram grande procura por parte dos policiais com interesse em se especializar e aprimorar ainda mais suas habilidades profissionais à frente da PM.

O diretor da Deip, tenente-coronel André William, Dorileo destaca que a instituição teve excelentes resultados no ensino, já que atualmente é considerada uma referência em capacitação e aperfeiçoamento policial.

Leia mais:  Policiais militares prendem suspeito por roubo e receptação de veículo em Cuiabá

 “Em 2020 estamos com a expectativa de promover ainda mais 58 cursos e estágios para efetivo. Os nossos policiais buscam estarem atualizados e preparados para atenderem a população. Estamos trabalhando para atualizar a lei de ensino institucional. E também temos como prioridade para este ano a expansão das Escolas Tiradentes nos polos regionais. As sete unidades das Escolas Militares Tiradentes tem 2.940 alunos matriculados e para 2020 temos a expectativa de ampliar esse número para 3.250”, explica o tenente-coronel Dorileo.  

Em Novembro, a Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças da PM (Esfap) formou 119 novos soldados depois de 10 meses de formação em período integral. O curso de 1.650 horas de aulas teóricas e praticas foi dividido em 42 disciplinas.

No primeiro semestre de 2019, a Academia de Policia Militar Costa Verde também formou 115 policiais no Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos (Choa). E dentre várias formações e capacitações ofereceu o Curso de Gerenciamento de Crise prestigiado por 15 profissionais entre oficiais da PM e outras agentes de segurança de instituições como Policia Judiciária Civil, Guarda Municipal e Politec. 

Leia mais:  Fapemat fomenta pesquisa que avalia qualidade sanitária da carne bovina produzida em MT

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Estado receberá mais de R$ 3 milhões para instalar oficinas em unidades penais

Publicado

A Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) instalará 15 oficinas de trabalho em estabelecimentos penais de Mato Grosso. Serão trabalhadas habilidades em artefatos de concreto, panificadora, marcenaria e manutenção de ar condicionado junto aos reeducandos. O objetivo é ampliar vagas de trabalho, gerando capacitação profissional e possibilidade de renda e remição de pena.

A iniciativa é fruto de um convênio firmado pelo Governo do Estado com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Este é o 5º Ciclo do Projeto de Capacitação Profissional e Implantação de Oficinas Permanentes (Procap), que prevê investimento de R$ 3.647.054,20 em recursos da União e contrapartida de R$ 3.647,05 por parte do Executivo Estadual.

O valor será repassado de forma fracionada, até 2022, sendo que R$1.978.892,01 já foi empenhado em dezembro de 2019 e já está na conta do Estado. A vigência do convênio será até 27 de junho de 2022. A SAAP dará início agora aos processos de aquisição dos equipamentos para proceder a instalação das oficinas.

Leia mais:  Estudantes de Várzea Grande embarcam para intercâmbio cultural em Londres

Serão contempladas as seguintes unidades penais: Penitenciária Central do Estado (PCE); Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC); Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva (Água Boa); Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Sinop); Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May; Centros de Detenção Provisória (CDP´s) de Juína, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Peixoto de Azevedo e Várzea Grande; e Cadeias Públicas de Cáceres e de Sorriso.

A escolha das unidades visou abranger o maior número de pessoas e também a vocação local e futuras parcerias para a continuidade dos projetos. O Governo do Estado participou de ciclo anterior com oficinas de costura e panificação na PCE; Penitenciárias Ana Maria do Couto, de Sinop e de Rondonópolis; CRC; CDP de Juína; e nas Cadeias Públicas: Feminina de Nortelândia, de Barra do Garças, de Cáceres, de Primavera do Leste e de Peixoto de Azevedo.

“O convênio é muito importante, pois garante aos privados de liberdade qualificação profissional para que possam ter uma alternativa de trabalho quando saírem das unidades. Além disso, como o objetivo das oficinas é que sejam sustentáveis, podem garantir serviços também para a sociedade com o material a ser produzido, a exemplo do que ocorre em algumas unidades que confeccionam uniformes escolares para a rede municipal”, frisa a superintendente de Política Penitenciária da Sesp-MT, Michelli Monteiro.

Leia mais:  Fapemat fomenta pesquisa que avalia qualidade sanitária da carne bovina produzida em MT

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Ex-candidato a deputado passa mal na Corrida de Reis e tem morte encefálica após 5 dias

Publicado

Agente prisional, Juraci tinha 40 anos de idade

Foi diagnosticado com morte encefálica nesta sexta-feira à tarde, em Cuiabá, o agente penitenciário e ex-diretor do Centro de Ressocialização Cone Sul, de Vilhena, Juraci Santos Duarte, de 40 anos de idade. Ele foi internado na UTI de um hospital da capital mato-grossense no dia 12 de janeiro de 2020, após passar mal e sofrer uma forte queda durante a tradicional Corrida de Reis, um circuito de rua realizado há quase quatro décadas em Cuiabá.

Novos exames clínicos e laboratoriais deverão ser realizados hoje e amanhã para confirmar o quadro irreversível. Dois irmãos de Duarte viajaram para acompanhar o caso e terão que tomar a decisão sobre o momento de desligar os aparelhos que mantêm o consanguíneo vivo.

A esposa do agente está na capital. No dia que foi internado Duarte passou por exames, mas nenhuma anormalidade havia sido diagnosticada.

Já na segunda-feira, dia 13, ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e foi submetido a uma cirurgia de urgência. As causas que levaram à morte encefálica ainda deverão ser apontadas em um laudo médico.

Leia mais:  Caminhão furtado no estado do Pará é recuperado em Mato Grosso

A suspeita recai sobre uma tromboembolia, “que é uma doença que começa quando coágulos, os trombos, são formados em veias ou artérias e podem se deslocar causando bloqueio à passagem do sangue. Esse deslocamento pode levar a casos graves, como embolia pulmonar, AVC e até amputações de membros”.

Juraci nasceu em novembro de 1979 em Colorado do Oeste. Ele era servidor Público Estadual em Vilhena. Militante político, em 2018 ele concorreu ao cargo de Deputado Estadual em Rondônia pelo PHS – Partido Humanista da Solidariedade.

Em outubro, no ano passado, ele entrou para PRB –  Partido Republicano Brasileiro – e foi anunciado pela sigla como como possível nome para ser “cabeça de chapa” numa eventual candidatura a prefeito de Vilhena.

Fonte:Vilhena Notícias

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana