conecte-se conosco


São Felix do Araguaia

Em MT, as 10 cidades com melhor gestão fiscal são do interior;São Félix do Araguaia lidera ranking

Publicado

Entre os 141 municípios de Mato Grosso, os 10 melhores em gestão fiscal geral são do interior do estado. Os dados são de um estudo publicado pela Federação de Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), de outubro de 2019. Os municípios de São Félix do Araguaia, Alto Garças e Nova Xavantina lideram o ranking em primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente. Cuiabá supera a média nacional.Além destes três municípios, os demais que compõem o top 10 são: Santo Antônio do Leste, Castanheira, Nova Canaã do Norte, Tabaporã, Sapezal, Santa Rita do Trivelato e Nova Bandeirantes.

O estudo analisa a gestão fiscal em Autonomia, Gastos com Pessoal, Investimento e Liquidez. O ranking é baseado em pontuações de 0 a 1, que classificam as gestões em excelência, boa, difícil e crítica.

Os dados disponibilizados para consulta são contabilizados entre 2013 e 2018. Nos anos de 2013, 2016 e 2018, São Félix do Araguaia teve sua gestão classificada como excelência. Já em 2014, 2015 e 2017 foi classificado como boa. Apesar dos bons índices registrados durante seis anos, nos setores de autonomia e investimentos o município teve sua gestão classificada como dificuldade nos anos de 2014 e 2015 em autonomia e 2014 e 2017 em investimentos.O município de Mato Grosso com o menor IFGF geral registrado é Novo Horizonte do Norte, com classificação crítica, ocupando a 128ª posição, em 2018. Entre 2014 e 2017 a avaliação foi classificada como difícil, enquanto em 2013 a classificação também foi crítica. Entre os 141 municípios, 13 não disponibilizaram dados ou apresentavam inconsistências que impediram a análise.

Leia mais:  PROMOTORIA DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA INSTAURA INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO CONTRA PREFEITA JANAILZA POR DESVIO DE DINHEIRO DAS PONTES

A capital mato-grossense supera a média nacional de 0,4555 no IFGF geral, com 0,4931 pontos. Cuiabá também supera a média em Autonomia e registrou a pontuação máxima. Em Investimentos, a cidade também registram números superiores, 0,5702, quando nacionalmente a médica é 0,4747.

Centro-Oeste

No Centro-Oeste, foram analisadas 421 prefeituras. Desse total, 60% delas apresentaram gestão fiscal difícil ou crítica no IFGF geral, são 272 prefeituras nessa situação. A média do IFGF geral foi de 0,5422 pontos, situação melhor que a nacional. Já em Autonomia, a região registrou média 0,5141 (difícil), enquanto nacionalmente a média é de 0,3855 (críticia).O IFGF de Liquidez apresentou o melhor índice da região, registrando 0,6990 contra 0,5314 pontos da média nacional. De acordo com o estudo, o Centro-Oeste apresentou a melhor capacidade de planejamento orçamentário de todo o país. Entre as prefeituras analisadas, 41,8% tiveram excelência, enquanto apenas 33 delas receberam nota 0 por fecharem o ano sem recursos em caixa.

Panorama nacional

Nacionalmente, 73,9% dos municípios brasileiros, o que totaliza 3.944 cidades, possuem classificação difícil ou crítica no IFGF geral. Já quanto ao IFGF Autonomia, 1.856 prefeituras não geram receitas suficientes para financiar sua estrutura administrativa. No total, o estudo analisou as contas de 5.337 municípios.

Leia mais:  ENTENDA O PORQUE JANAILZA DEVE SER  CASSADA DO SEU MANDATO CARGO;

Quanto aos IFGF de Gastos com Pessoal, 69,9% possuem gestão crítica ou difícil. Deste montante, 49,4% (classificadas como gestão crítica) gastou mais de 54% da Receita Corrente Líquida (RCL) com a folha de salário do funcionalismo público. Esses municípios ultrapassaram o limite de alerta definido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).Em relação ao IFGF de Liquidez, 1121 prefeituras estão em “cheque especial”. Esses municípios terminam 2018 sem recursos em caixa para cobrir as despesas postergadas para o ano seguinte. No total, 57,2% das cidades tiveram suas gestões classificadas como difícil ou crítica, enquanto 42,8% tiveram classificação boa ou de excelência.Por fim, o IFGF de Investimentos teve classificação crítica em quase metade do Brasil, com 47%. Esses municípios investiram apenas 3,1% de sua receita. Entre 5337 municípios, apenas 419 atingiram a pontuação máxima.

 

Fonte:Olhar Direto/Lapada do Araguaia

publicidade

Mato Grosso

Dr. Acácio presta sua homenagem a Dom Pedro Casaldáliga

Publicado

Dr. Acácio presta sua homenagem a Dom Pedro Casaldáliga

Fui criado ouvindo dizer que: “para virar santo basta morrer”.
Acontece que, com Dom Pedro Casaldáliga, a coisa foi totalmente diferente, pois, quando ele fez sua opção pelos pobres, pelos indígenas, pelas mulheres, por todos os posseiros (…) e viveu coerentemente com aquilo que acreditava e pregava em absoluta retidão, sem desviar um único milímetro daquilo que pregava, já se tonara um santo, ainda em vida. Essa é uma virtude que ninguém pode lhe tirar.

Meu primeiro contato com Dom Pedro se deu em 1979, por ocasião do meu batismo por ele celebrado. Em 1992, sob a influência dos companheiros: Guedes, Raimundo Prelazia, Neguinha Paiva, Célia Abreu, Professora Aguida, Padre Flanklin, Padre Dionísio e Padre Ailton ingressei na Prelazia no grupo de jovens, depois catequese, mais tarde nos grupos de teatro e posteriormente no projeto Araguaia Pão e Circo.

Em 1996 me mudei para o Rio de Janeiro, juntamente com meu amigo e irmão Guedes, a fim de fazer uma experiência religiosa.

Leia mais:  NOTA DE FALECIMENTO DE DOM PEDRO CASALDÁLIGA PLA, CMF

No Rio, enquanto universitário, não raras foram as vezes em que fui sabatinado pela curiosidade em que as pessoas tinham em saber como era Pedro Casaldáliga. No Rio de Janeiro, ele era um mito, do qual nós nos orgulhávamos profundamente.

Meu primeiro e único emprego como estagiário e depois como advogado se deu na Cruz Vermelha Brasileira no Rio de Janeiro, não sinto qualquer demérito ao reconhecer que a minha escolha, entre tantos outros candidatos, não se deu por meus méritos acadêmicos, mas pelo simples e tão somente fato de ter minha origem na Prelazia de São Félix do Araguaia, sob a proteção do Bispo Dom Pedro Casaldáliga. Tal fato, por si só já me dava um destaque e vantagem sobre os demais candidatos que ali estavam.

Ter sido batizado por Dom Pedro, ter dele recebido aqueles conselhos em voz rouca e sotaque espanhol, ter recebido aquele aperto de mão sempre firme e olhar penetrante, foi uma honra e oportunidade que levarei para o túmulo.

Leia mais:  Bispo é internado aos 92 anos em MT

Pedro foi um santo que lutou várias batalhas e todas ele venceu (contra a ditadura, o proletariado, os políticos e a própria igreja), só foi derrotado pela guerra que travou contra o tempo …

Infelizmente, não poderei estar presente para prestar minha derradeira homenagem ao Grande Pedro, mas de antemão, aviso aos que passarem por São Félix do Araguaia que: saibam e transmitam às gerações vindouras que aos pés do moro, na sombra de um pequizeiro e sob a vigília atenta do Rio Araguaia jaz Dom Pedro Casaldaliga, nosso companheiro de caminhada, amigo de fé e irmão de utopia.

Dr Acacio Alves

Continue lendo

São Felix do Araguaia

NOTA DE FALECIMENTO DE DOM PEDRO CASALDÁLIGA PLA, CMF

Publicado

NOTA DE FALECIMENTO DE
DOM PEDRO CASALDÁLIGA PLA, CMF

A Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso, Brasil), a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (Claretianos) e a Ordem de Santo Agostinho (Agostinianos) comunicam o falecimento Dom Pedro Casaldáliga Pla, CMF, Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso) e Missionário Claretiano, ocorrido neste
dia 08 de agosto de 2020 às 9:40 horas
(horário de Brasília), na cidade de Batatais, estado de São Paulo, Brasil.

Informações detalhadas com:
Pe. Ronaldo Mazula, CMF, celular/WhatsApp (11) 9.7173-7755, com Pe. Brás Lorenzetti, CMF, celular/whatsApp (16) 99257-6513 ou ainda 16 99176 8284(Pe. Luiz Botteon).No site www.claretiano.edu.br/dompedro
Nas redes sociais (https://www.instagram.com/casaldaliga_claretiano/ e https://www.facebook.com/pedro.casaldaliga.184)
O velório acontecerá em três locais:
1 – Em Batatais – SP
O corpo de Dom Pedro Casaldáliga, CMF, será velado, no dia 08 de agosto de 2020, a partir das 15 horas na capela do Claretiano – Centro Universitário de Batatais, unidade educativa dirigida pelos Missionários Claretianos, situada à rua Dom Bosco, 466, Castelo, Batatais, São Paulo, Brasil. Informações: 16.3660-1777.
A missa de exéquias será celebrada, em Batatais, no dia 09 de agosto de 2020 às 15h, no endereço acima e será aberta ao público em geral, além de ser transmitida ao vivo pelo link https://youtu.be/spto8rbKye0. O link estará aberto para que outros veículos de comunicação possam retransmitir.

Leia mais:  Bispo é internado aos 92 anos em MT

2 – Em Ribeirão Cascalheira – MT
O corpo de Dom Pedro Casaldáliga, CMF, será velado no Santuário dos Mártires, a partir do dia 10 de agosto, sem previsão de horário de chegada do corpo. Informações: telefone 66 – 98420 – 2253 Pe. Tiago.

3 – Em São Félix do Araguaia – MT
O corpo de Dom Pedro Casaldáliga, CMF, será velado no Centro Comunitário Tia Irene. O sepultamento será em São Félix do Araguaia.
SEM PREVISÃO DE DIA, POIS ANTES PASSARÁ POR RIBEIRÃO CASCALHEIRA. Informações: com Pe. Saraiva telefone: 31 – 99677 – 4875.

FONTE: Pe. SARAIVA TELEFONE 31-99677-4875

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana