conecte-se conosco


São Felix do Araguaia

Em MT, as 10 cidades com melhor gestão fiscal são do interior;São Félix do Araguaia lidera ranking

Publicado

Entre os 141 municípios de Mato Grosso, os 10 melhores em gestão fiscal geral são do interior do estado. Os dados são de um estudo publicado pela Federação de Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), de outubro de 2019. Os municípios de São Félix do Araguaia, Alto Garças e Nova Xavantina lideram o ranking em primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente. Cuiabá supera a média nacional.Além destes três municípios, os demais que compõem o top 10 são: Santo Antônio do Leste, Castanheira, Nova Canaã do Norte, Tabaporã, Sapezal, Santa Rita do Trivelato e Nova Bandeirantes.

O estudo analisa a gestão fiscal em Autonomia, Gastos com Pessoal, Investimento e Liquidez. O ranking é baseado em pontuações de 0 a 1, que classificam as gestões em excelência, boa, difícil e crítica.

Os dados disponibilizados para consulta são contabilizados entre 2013 e 2018. Nos anos de 2013, 2016 e 2018, São Félix do Araguaia teve sua gestão classificada como excelência. Já em 2014, 2015 e 2017 foi classificado como boa. Apesar dos bons índices registrados durante seis anos, nos setores de autonomia e investimentos o município teve sua gestão classificada como dificuldade nos anos de 2014 e 2015 em autonomia e 2014 e 2017 em investimentos.O município de Mato Grosso com o menor IFGF geral registrado é Novo Horizonte do Norte, com classificação crítica, ocupando a 128ª posição, em 2018. Entre 2014 e 2017 a avaliação foi classificada como difícil, enquanto em 2013 a classificação também foi crítica. Entre os 141 municípios, 13 não disponibilizaram dados ou apresentavam inconsistências que impediram a análise.

Leia mais:  Prefeitura Municipal através da Secretaria de Obras de São Félix Do Araguaia Reconstrói Ponte na Carnaúba

A capital mato-grossense supera a média nacional de 0,4555 no IFGF geral, com 0,4931 pontos. Cuiabá também supera a média em Autonomia e registrou a pontuação máxima. Em Investimentos, a cidade também registram números superiores, 0,5702, quando nacionalmente a médica é 0,4747.

Centro-Oeste

No Centro-Oeste, foram analisadas 421 prefeituras. Desse total, 60% delas apresentaram gestão fiscal difícil ou crítica no IFGF geral, são 272 prefeituras nessa situação. A média do IFGF geral foi de 0,5422 pontos, situação melhor que a nacional. Já em Autonomia, a região registrou média 0,5141 (difícil), enquanto nacionalmente a média é de 0,3855 (críticia).O IFGF de Liquidez apresentou o melhor índice da região, registrando 0,6990 contra 0,5314 pontos da média nacional. De acordo com o estudo, o Centro-Oeste apresentou a melhor capacidade de planejamento orçamentário de todo o país. Entre as prefeituras analisadas, 41,8% tiveram excelência, enquanto apenas 33 delas receberam nota 0 por fecharem o ano sem recursos em caixa.

Panorama nacional

Nacionalmente, 73,9% dos municípios brasileiros, o que totaliza 3.944 cidades, possuem classificação difícil ou crítica no IFGF geral. Já quanto ao IFGF Autonomia, 1.856 prefeituras não geram receitas suficientes para financiar sua estrutura administrativa. No total, o estudo analisou as contas de 5.337 municípios.

Leia mais:  Cota zero para a pesca foi debatida em audiência pública em São Félix do Araguaia e dividiu opiniões

Quanto aos IFGF de Gastos com Pessoal, 69,9% possuem gestão crítica ou difícil. Deste montante, 49,4% (classificadas como gestão crítica) gastou mais de 54% da Receita Corrente Líquida (RCL) com a folha de salário do funcionalismo público. Esses municípios ultrapassaram o limite de alerta definido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).Em relação ao IFGF de Liquidez, 1121 prefeituras estão em “cheque especial”. Esses municípios terminam 2018 sem recursos em caixa para cobrir as despesas postergadas para o ano seguinte. No total, 57,2% das cidades tiveram suas gestões classificadas como difícil ou crítica, enquanto 42,8% tiveram classificação boa ou de excelência.Por fim, o IFGF de Investimentos teve classificação crítica em quase metade do Brasil, com 47%. Esses municípios investiram apenas 3,1% de sua receita. Entre 5337 municípios, apenas 419 atingiram a pontuação máxima.

Fonte:Olhar Direto/Lapada do Araguaia

publicidade

São Felix do Araguaia

Prefeitura Municipal através da Secretaria de Obras de São Félix Do Araguaia Reconstrói Ponte na Carnaúba

Publicado


A Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Obras de São Félix do Araguaia-MT ,entrega ponte de madeira reconstruída na Carnaúba.

Foi feita a troca do velho madeiramento, na certeza que os moradores terão uma ponte nova para trafegarem.

Fonte:Lapada do Araguaia

Leia mais:  Recebendo os Psicólogos de São Félix do Araguaia-MT, tratando do processo para Conselheiro Tutelar
Continue lendo

São Felix do Araguaia

Câmara devolve mais R$ 57 mil reais ao Executivo e sugere que recurso seja usado na Educação e Feira da Agricultura Familiar.

Publicado

Fonte:O Repórter do Araguaia

O Poder Legislativo, representado pela presidente da Câmara Municipal de São Félix do Araguaia, vereadora Rita Gomes (MDB) devolveu hoje pela manhã R$ 57. 353, 26 aos cofres do Poder Executivo.

O ato foi realizado durante reunião nas dependências da Câmara Municipal na sala da Presidência, com a presença dos vereadores, Rita Gomes, João Neto, Jusmar Alves, Dilson Bezerra, Patrícia Paiva, Antônio Miranda, Emerson dos Teclados que  receberam a prefeita Janailza Taveira e juntos discutiram sobre o investimento do recurso no valor de R$ 57. 353, 26 devolvidos do Legislativo ao Executivo.

Os recursos do Poder Legislativo provêm do duodécimo constitucional repassados pelo Poder Executivo e no caso de São Félix do Araguaia, o recurso repassado no ano de 2019, foi utilizado para aquisição de veículo SW4 zero km, em substituição ao veículo anterior, já desgastado pelo uso e tempo, ficando  o valor de R$ 57.353,26 nos cofres do Legislativo, que por lei, a Câmara é obrigada a devolver ao executivo.

Leia mais:  O Trabalho não Para: Prefeita, vereadores e secretários de São Félix do Araguaia entrega ponte reconstruída do Primeiro Aterrinho

Durante a reunião, os vereadores sugeriram a prefeita Janailza Taveira, a destinação do recurso, sendo 40 mil reais para aquisição de ar condicionado para as Escolas Municipais da zona urbana e rural e 17 mil reais para compra de climatizadores de ar para a Feira da Agricultura Familiar realizada pelos Pequenos Produtores do Projeto de Assentamento Dom Pedro, que acontece a cada 15 dias na sede do município.

O valor devolvido aos cofres da Prefeitura é referente a  recursos economizados no ano de 2019 pela Câmara Municipal.

“Estamos devolvendo mais de 57 mil ao município e agradecemos a prefeita municipal por acatar nossa sugestão para que adquira os equipamentos de ar condicionado para as Escolas Municipais e os climatizadores para a Feira Coberta, pois essas são reivindicações diretas da comunidade, ressaltou Rita Gomes.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana