conecte-se conosco


Política MT

Governo de Mato Grosso pede urgência aos parlamentares para aprovação de novas taxas do Detran

Publicado

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O governo de Mato Grosso espera anunciar nos próximos dias, lei que estabeleça novas taxas e reajustes de valores praticados pelo Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT). O pedido de urgência à matéria foi protocolado pelo Poder Executivo no dia 26 de novembro, lido em Plenário durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa no mesmo dia, aprovado e encaminhado a expediente para segunda votação.

De acordo com documento de autoria do governo do estado, sendo aprovado o texto, a aplicação dos novos valores passará a vigorar em 90 dias contados a partir da sanção da lei. Um dos exemplos que constitui as taxas alteradas no projeto está a ‘Renovação de Credenciamento Titular’ que de R$181,52 passará para R$900,  e a  ‘Renovação de Credenciamento de CFC’ que custa R$167,65 e que passará para R$906,82.

O deputado Ulysses Moraes (DC) relatou que além de surpreso, recebeu a mensagem do governo como uma verdadeira bomba para a população mato-grossense. “Olhando rapidamente o PL, são 36 novos tributos, 28 readequações, destas, 26 para valores superiores ao praticado. Outras 81 taxas também devem sofrer aumento de acordo com documento. Ninguém aguenta mais! Todos nós temos veículos. Não dá para aceitar! Vamos lutar todos os dias nesta Assembleia Legislativa contra o aumento de tributos, contra o aumento de taxas. Sugiro que população cobre seus parlamentares para que digam não a este projeto. Nosso salário em sua maioria já é consumido quase que integralmente pela quantidade de impostos que pagamos. É um verdadeiro abuso com o contribuinte”, frisou Ulysses.

Leia mais:  Policiais civis estariam sem refeição durante plantão no interior de MT

No dia 07, o impostômetro, que calcula em instantes a estatística de impostos pagos do país, Mato Grosso arrecadou nos últimos 11 meses aproximadamente R$33.859 bilhões em tributos, ocupando o 1º lugar na cobrança de impostos para abertura e operação de empreendimentos.

Fonte: ALMT
publicidade

Política MT

Eleição para senador em MT na vaga aberta com a cassação de Selma Arruda será no dia 26 de abril

Publicado

Mato-grossenses irão às urnas para eleger o senador que deve assumir o lugar de Selma Arruda.

A eleição para senador em Mato Grosso será no dia 26 de abril deste ano. A data foi anunciada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), nesta quarta-feira (22). A vaga foi aberta com a cassação do mandato da senadora Selma Arruda (Podemos). Ela foicassada em dezembro por abuso de poder econômico e caixa dois na campanha eleitoral de 2018.

Mesmo cassada, Selma Arruda continuou no cargo.

Selma foi condenada pelo TRE-MT em julho de 2019, mas recorreu no cargo. Em dezembro, o TSE manteve a decisão da primeira instância que cassou o mandato dela. O Acórdão foi publicado no dia 19 de dezembro.

Tribunal foi oficialmente comunicado da decisão com a determinação da realização de nova eleição. — Foto: Luiz Gonzaga Neto/TVCATribunal foi oficialmente comunicado da decisão com a determinação da realização de nova eleição. — Foto: Luiz Gonzaga Neto/TVCA

Tribunal foi oficialmente comunicado da decisão com a determinação da realização de nova eleição. — Foto: Luiz Gonzaga Neto/TVCA

Nessa mesma data, o tribunal de Mato Grosso foi oficialmente comunicado da decisão com a determinação da realização de nova eleição.

Leia mais:  Iniciativa de Xuxu Dal Molin institui Farmácia Solidária Integrada em Mato Grosso

Selma Arruda teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) em abril deste ano. A defesa da parlamentar, então, recorreu ao TSE.

Quando o TRE cassou o mandato de Selma Arruda, a parlamentar divulgou uma nota na qual afirmou estar tranquila porque não cometeu irregularidades.

“A tranquilidade que tenho é com a consciência dos meus atos, a retidão que tive em toda a minha vida e que não seria diferente na minha campanha e trajetória política”, declarou a senadora na ocasião.

Em manifestação enviada ao tribunal em setembro, a Procuradoria-Geral se manifestou a favor da manutenção da cassação. Para o órgão, é “inegável” que a conduta da parlamentar na eleição do ano passado “comprometeu a normalidade, a legitimidade e o equilíbrio do pleito”.

Fonte: G1

Continue lendo

Política MT

Deputado não conta com apoio de Mauro Mendes

Publicado

Aliado do governador Mauro Mendes (DEM), o deputado Max Russi (PSB) é um dos pré-candidatos ao Senado Federal na vaga que será deixada pela senadora Selma Arruda (Podemos) com a confirmação de sua cassação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Russi acredita que Mendes não ficará neutro na disputa, mas que também não dará apoio à sua candidatura. Apesar dos rumores de que um candidato unificaria a Assembleia Legislativa, o deputado não acredita na hipótese, mas considera importante contar com o apoio da maioria dos pares.

Para o parlamentar, o governador deve se decidir sobre o caso quando o cenário estiver mais claro entre os candidatos. Ele acredita que Mendes deve definir apoio para o seu vice-governador, Otaviano Pivetta (PDT) ou para algum candidato que o DEM colocar na disputa.

“Acho que o governador tem que ver quem realmente vai sair, depois fazer uma análise de apoio, eu não me elegi no grupo dele, então acho que ele apoie o vice ou alguém do DEM”, declarou.

Leia mais:  Câmara Setorial debate implantação de Escola de Formação do Terceiro Setor

Quanto a possibilidade de ser o candidato da Assembleia, Max não acredita na unificação. Porém, destaca que o apoio do máximo de deputados estaduais é importante para o processo.

“Não acredito em candidato da Assembleia. Agora, o apoio de cada deputado soma muita, porque tem contato direto com a base, tenho conversado bastante, mas nada fechado ainda”, disso.

Fonte:Gazeta Digital

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana