conecte-se conosco


Mato Grosso

Nova exposição propõe compor sensações com interação de obras de diferentes artistas

Publicado

“Os espaços para a arte devem ser ocupados com arte”. É dessa maneira que Marcelo Velasco, curador da próxima exposição na Galeria de Artes Lava Pés, destaca a função do espaço como meio de exibição e de reconhecimento de obras de artistas visuais do Estado. A exposição intitulada Sen[s]ação será lançada nesta quinta-feira (15.08), às 19h30, na Galeria localizada no piso térreo do prédio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) e segue aberta até dia 15 de outubro, de segunda-feira à sexta-feira, com entrada franca.

Com obras dos artistas Gonçalo Arruda, Junne Fontenelle, Marcelo Velasco, Miguel Penha e Vitória Basaia, a mostra coletiva reúne trabalhos artísticos que, apesar de em princípio não terem relação uns com os outros, compõem uma história, uma sensação ao espectador, ao serem dispostas de forma integrada.

“É uma ação em que trabalhos individuais podem interagir entre si principalmente pela disparidade. Atualmente a obra pode ser percebida, e ganha existência, por meio do espectador”, explica Marcelo Velasco. 

Nas telas de Gonçalo Arruda, o público conhecerá o mundo fantástico e surrealista do artista plástico que começou sua carreira ainda criança inspirado em Adir Sodré e depois foi criando seu próprio estilo de pintura.

Leia mais:  Novo ensino médio é debatido com educadores de escolas de Cuiabá e VG

Seguindo os preceitos do movimento realista, Junne Fontenele oferece ao espectador a visão de esculturas com representações do cotidiano, contendo temáticas sociais, de sentimento e de regionalismo. Suas esculturas são em cerâmica envelhecida, peças únicas esculpidas e modeladas manualmente, queimadas a uma temperatura de 950 a 1 mil graus.  

O premiado Miguel Penha apresentará telas em que a paisagem recebe um tratamento espacial com a amplitude provocando uma expansão da realidade e com volumetria do segundo plano. O artista cuiabano percorreu vários recônditos da paisagem – natural ou construída – do Brasil, selecionando cenas para criar seu próprio repertório. 

Já a artista plástica Vitória Basaia traz para a exposição obras produzidas com muita criatividade a partir do lixo. Os objetos ressignificados à exaustão são frutos de materiais descartados transformados em obras de arte pela renomada artista. Criando seus próprios suportes, Vitória também apresenta ao público figuras de formas enigmáticas representando religiosidade e a celebração da mulher.  

Telas do artista Marcelo Velasco completam a mostra coletiva com composições contendo elementos da cultura regional, detalhes arquitetônicos e mobiliários. 

Leia mais:  Creche Maria Eunice retoma atividades e pais comemoram

Sen[s]ação é a segunda exposição coletiva exibida na Galeria Lava Pés neste ano. “Entre Formas e Cores” abriu a temporada 2019, iniciando o ciclo de exposições no espaço com obras de outros seis grandes pintores e escultores da nova e de outras gerações de artistas mato-grossenses.

Para Marcelo Velasco, a mostra da produção de artistas ratifica a cultura como provocadora de sensações mesmo diante da atual conjuntura. “A Cultura também é resistência. Para quem pensa que os artistas estão sem ação, eis uma provocação ainda que suave”, conclui.

Serviço

Lançamento da Exposição “Sensação”

Data: 15 de agosto 

Horário: 19h30

Local:  Galeria de Artes Lava Pés, localizada na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), na Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés) nº 510, bairro Duque de Caxias, em Cuiabá

Outras informações: (65) 3613-0232

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Doadores de sangue poderão ganhar luvas autografadas pelo campeão de boxe Popó

Publicado

Com objetivo de atrair doadores e aumentar o número de coletas de sangue para reforçar os estoques de final de ano, o MT Hemocentro firmou uma parceria com a equipe dos Jogos dos Amigos Pela Solidariedade, que sorteará, na próxima sexta-feira (13.12), um par de luvas autografadas pelo tetracampeão mundial de boxe Popó Freitas.

O sorteio, que acontecerá na sede do Banco de Sangue Público de Mato Grosso, contemplará pessoas que doarem sangue voluntariamente entre os dias 9 e 12 de dezembro.

Popó Freitas é um dos protagonistas do evento deste ano. Além das luvas autografadas, o doador voluntário de sangue sorteado também vai garantir uma vaga para jogar a partida de futsal junto aos craques dos times liderados pelo ex-pugilista e pelo jogador de futebol profissional Bruno Peres.

O jogo ocorrerá no sábado (14.12), às 20h, no Ginásio Fiotão, em Várzea Grande. O evento Amigos Pela Solidariedade é uma ação social que ocorre anualmente em Mato Grosso, desde 2012, e visa beneficiar pessoas carentes. Participam da ação diversos jogadores de futebol, cantores, atores, youtubers e artistas renomados. A entrada para o jogo é 3kg de alimentos não perecíveis.

De acordo com informações da diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, a parceria busca atrair mais doadores, pois, no final de ano, a unidade precisa aumentar o quantitativo de bolsas de sangue para atender à alta demanda nos períodos festivos.

Leia mais:  Governador destaca importância do Poder Judiciário para manutenção da democracia

“O mês de dezembro é o período mais crítico, temos uma demanda muito intensa, pois nos meses de férias sobe o número de pessoas acidentadas, que precisam passar por cirurgias e necessitam de sangue. Por isso essa campanha é muito importante, vai ajudar no chamamento de doares para reforçar os nossos estoques”, explicou.

Requisitos para doação de sangue

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é obrigatória a apresentação de documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente. O processo para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, pois o material usado na coleta do sangue é descartável, eliminando qualquer possibilidade de contaminação.

Para doar sangue, é necessário estar em bom estado de saúde e seguir os seguintes passos:

– Estar alimentado e evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação de sangue;

– Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas;

– Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;

– Pessoas com idade entre 60 e 69 anos só poderão doar sangue se já o tiverem feito antes dos 60 anos;

Leia mais:  Novo ensino médio é debatido com educadores de escolas de Cuiabá e VG

– A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para a mulher;

– O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres;

Agenda de doação em dezembro

Após o encerramento da campanha com a equipe dos jogos Amigos Pela Solidariedade, o MT Hemocentro continuará realizando normalmente as coletas de sangue na unidade. Na agenda do mês de dezembro, está marcada a coleta externa do Hemobus para o dia 18 de dezembro, que ficará estacionado no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Serviço

Os voluntários interessados em doar sangue podem procurar o MT Hemocentro. A sede do banco de sangue está localizada na Rua 13 de Junho, n 1055, Porto, em Cuiabá. Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (65) 3623-0044, ramal 220, 221 e 225. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Já a Unidade de Coleta do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá está localizada na Rua General Vale, N 182, bairro Bandeirantes. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Conselheiros aprovam proposta de alteração de alíquota previdenciária para 14%

Publicado

O Conselho de Previdência de Mato Grosso aprovou nesta segunda-feira (09.12) a proposta que altera de 11% para 14% a alíquota de contribuição de servidores públicos do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público Tribunal de Contas e Defensoria Pública. O texto seguirá ainda nesta semana para a Assembleia Legislativa.

A votação ocorreu após o Executivo propor aos conselheiros o desmembramento do projeto original, já que a alíquota precisa passar por alteração para seguir a determinação da Emenda Constitucional 103/2019, que sinaliza que Estados e municípios não podem ter alíquota menor do que os 14% estipulados pela União.

As demais regras da Reforma da Previdência Estadual continuam sendo discutidas pelos conselheiros na próxima segunda-feira (16.12). De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, com a aprovação da proposta, o Estado segue buscando o diálogo com os servidores e demais Poderes envolvidos, no entanto, de acordo com o que está determinado na Constituição.

“Isso já foi aprovado pelo Congresso Nacional e nós estamos apenas aderindo aquilo que já passou por aprovação. Estamos buscando sempre o diálogo, mas neste caso não foge do que foi aprovado em Brasília. As demais regras da reforma estadual serão discutidas na próxima reunião, que acontecerá na segunda-feira”, explicou Carvalho.

Leia mais:  Auditores conhecem novas tecnologias para aprimorar o controle preventivo

Caso seja aprovada pela Assembleia Legislativa, o aumento da alíquota de contribuição passa a vigorar quatro meses após a publicação oficial. Após a votação, o governador Mauro Mendes lembrou do curto prazo que o conselho tem para a aprovação das demais regras.

“Nós precisamos dar continuidade a esta discussão, porque dela dependerá o cálculo atuarial para que nós possamos fazer o nosso plano de custeio. Está muito claro que temos que urgentemente tomar essa decisão sob risco de comprometermos a regularidade fiscal de Mato Grosso”, pontuou Mendes.

A não aprovação de uma reforma previdenciária estadual pode levar Mato Grosso a ficar sem o Certificado de Regularidade Previdenciária e consequentemente, impedido de receber financiamentos e transferências da União, entre outras vedações.

A proposta do Executivo que será discutida na próxima reunião pretende mudar a idade mínima das aposentadorias, que passaria de 65 anos para homens e 62 para mulheres, exceto para algumas carreiras que tem regras próprias como professores e militares.

“A Reforma da Previdência em âmbito estadual se faz necessária porque temos um déficit financeiro em R$ 1,4 bilhão previsto para 2020. E caso não seja aprovada, em 10 anos este número pode chegar a R$ 31 bilhões”, pontuou diretor-presidente do Mato Grosso Previdência, Elliton Oliveira de Souza.

Leia mais:  Sesp-MT lança operação com foco em regiões próximas a rodovias federais

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana