conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre mandados em homicídio a mando de facção

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um mandado de prisão temporária (30 dias) e dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, nesta segunda-feira (19.08), na operação “Última Etapa”, realizada pela Polícia Judiciária Civil em trabalhos investigativos da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

As buscas foram cumpridas no bairro Pedra 90, em Cuiabá, para arrecadação de elementos de provas no inquérito do homicídio de Elias Rodrigues de Arruda, ocorrido no dia 08 de abril deste ano.

O mandado de prisão foi cumprido contra Lucas Pereira Plácido, que já estava preso desde o dia 11 de agosto, por envolvimento em uma tentativa de explosão de terminais eletrônicos de uma agência da Caixa na região do CPA.

O suspeito foi interrogado na DHPP e confessou o crime, afirmando que efetuou os disparos de arma de fogo na vítima. Ele ainda acrescentou que faz parte de uma organização criminosa, que atua dentro e fora de presídios em Mato Grosso.  

 A vítima foi executada por membros de uma organização criminosa, num denominado “salve”, após ter supostamente praticado um crime naquele bairro. Nas investigações foi apurada a autoria de dois criminosos. Eles tiveram as prisões representadas pela autoridade policial ao Poder Judiciário, que decretou as ordens judiciais.

Leia mais:  Suspeito de roubar e ameaçar moradores é preso pela Polícia Civil

O segundo suspeito também já está indiciado por homicídio qualificado e continua foragido. As diligências estão sendo efetuadas para sua prisão.

O delegado responsável pela investigação, Marcel Gomes de Oliveira, ressaltou os esforços das equipes de investigação para alcançar a elucidação do crime, bem como da expertise da unidade em investigações de tal porte.

publicidade

Policial

Funcionário agride gerente e mostra pênis para PM em MT

Publicado

Suspeito queria sair no meio do expediente para comprar drogas

Um homem foi preso após agredir o gerente do local onde trabalha e mostrar o pênis para os policiais na tarde desta terça-feira (18) em Alta Floresta (803 km da Cuiabá). Segundo informações, os trabalhadores queriam sair do trabalho para comprar drogas.

De acordo com o boletim de ocorrência, a fato teria acontecido quando um grupo de funcionários pediu ao gerente para sair durante o expediente da tarde. Contudo o pedido foi recusado, o que teria motivado uma discussão.

Diante da situação, a Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local, cerca de nove pessoas estavam envolvidas na briga. De acordo com o comandante Wesmensandro, um deles, que estava bem alterado resistiu a prisão, abaixou o short e exibiu o pênis aos policiais.

“Em determinado momento ele tirou o short mostrando as partes íntimas para os policiais militares, inclusive, para uma policial militar feminino que estava no local, o que aumenta muito mais a falta de respeito, diga-se de passagem”, explicou o tenente-coronel.

Leia mais:  Suspeito de roubar e ameaçar moradores é preso pela Polícia Civil

Para efetuar a prisão, os militares usaram de força física e foi necessário ainda, o uso de dardo elétrico (Taser) para imobilizá-lo.

O rapaz foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado e ficou detido aguardando os procedimentos cabíveis ao caso.

Fonte: FolhaMax

Continue lendo

Policial

Menor desaparecida é achada casada com ladrão de carros em Cuiabá

Publicado

Menina de 16 anos fugiu de casa no ano passado para namorar criminoso

Na tarde desta terça-feira (18) durante buscas a um veículo roubado, uma menor de 16 anos que estava desaparecida desde 2019 no município de Colniza (1.068 km de Cuiabá) foi encontrada em uma casa no bairro Jardim Umuarama, na Capital. A adolescente confirmou a polícia que ela estava vivendo com um dos dois suspeitos que acabaram presos.

De acordo com informações da Polícia Civil, militares teriam recebido a informação de que em uma casa estaria um veículo que tinha sido anteriormente roubado. Com isso, os policiais se dirigiram até o local indicado na denúncia.

Chegando lá e após abordagem, os PMs identificaram alguns documentos pessoais no recinto, que seriam de pessoas anteriormente roubadas, além de duas armas de fogo e diversas munições usadas nos revólveres. Um automóvel roubado também foi localizado na casa.

A menina que também estava na residência confessou que tinha 16 anos e que teria saído do município em que vivia para morar com um dos suspeitos, em Cuiabá. Diante da situação, a dupla criminosa foi encaminhada a delegacia, onde ambos acabaram presos em flagrante.

Leia mais:  COMUNICADO – DEDETIZAÇÃO DELEGACIA DE CRIMES FAZENDÁRIOS

Os dois foram autuados por receptação e posse ilegal de arma. A menor ficou aos cuidados do Conselho Tutelar.

A Polícia Judiciária Civil (PJC) investiga o caso.

Fonte: FolhaMax

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana