conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre mandados em homicídio a mando de facção

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um mandado de prisão temporária (30 dias) e dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos, nesta segunda-feira (19.08), na operação “Última Etapa”, realizada pela Polícia Judiciária Civil em trabalhos investigativos da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

As buscas foram cumpridas no bairro Pedra 90, em Cuiabá, para arrecadação de elementos de provas no inquérito do homicídio de Elias Rodrigues de Arruda, ocorrido no dia 08 de abril deste ano.

O mandado de prisão foi cumprido contra Lucas Pereira Plácido, que já estava preso desde o dia 11 de agosto, por envolvimento em uma tentativa de explosão de terminais eletrônicos de uma agência da Caixa na região do CPA.

O suspeito foi interrogado na DHPP e confessou o crime, afirmando que efetuou os disparos de arma de fogo na vítima. Ele ainda acrescentou que faz parte de uma organização criminosa, que atua dentro e fora de presídios em Mato Grosso.  

 A vítima foi executada por membros de uma organização criminosa, num denominado “salve”, após ter supostamente praticado um crime naquele bairro. Nas investigações foi apurada a autoria de dois criminosos. Eles tiveram as prisões representadas pela autoridade policial ao Poder Judiciário, que decretou as ordens judiciais.

Leia mais:  Cuiabá tem menor número de homicídios dos últimos três anos

O segundo suspeito também já está indiciado por homicídio qualificado e continua foragido. As diligências estão sendo efetuadas para sua prisão.

O delegado responsável pela investigação, Marcel Gomes de Oliveira, ressaltou os esforços das equipes de investigação para alcançar a elucidação do crime, bem como da expertise da unidade em investigações de tal porte.

Fonte: PJC MT
publicidade

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de suspeito condenado por homicídio ocorrido em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil, através da Gerência Estadual de Polinter (Gepol), cumpriu na manhã desta segunda-feira (02.09) o mandado de prisão por condenação contra, Lauriano Oilson das Neves, 31 anos. O suspeito foi condenado a catorze anos de anos reclusão pelo crime de homicídio qualificado.

O crime ocorreu no dia 23 de março de 2010, em frente a igreja Assembleia de Deus, no bairro São Mateus, em Várzea Grande, ocasião em que o suspeito desferiu disparos de arma de fogo contra a vítima, Gean Carlos Rodrigues Sauder.

Identificado como autor do crime, o suspeito foi julgado e condenado por homicídio qualificado, sendo decretado pela Justiça, o mandado de prisão em seu desfavor. Depois de regularmente cumprida a ordem de prisão contra o procurado, o preso foi encaminhado para Audiência de Custódia, à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT
Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de autores e violência doméstica e de estupro de vulnerável em Várzea Grande
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos e recupera produtos comprados com cartões clonados pela Internet

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Diversos produtos de uma loja automotiva no estado de Goiás, adquiridos de forma fraudulenta em compras realizadas pela Internet, foram recuperados pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (30.08), em investigações realizadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças (502 km a Leste) em parceria com a Cenfla.

A ação resultou na prisão em flagrante de W.G.C., 18 e apreensão da adolescente C.R.L., 16, por receptação. Os jovens foram flagrados com parte dos produtos de uma loja de som automotivo, localizada na cidade de Caldas Novas (GO), adquiridos através de compras pela Internet realizadas com cartão clonado

Segundo as investigações da Derf Barra do Garças, W.G.C conseguia dados de cartões de crédito de terceiros e de posse destas informações entrava na plataforma de venda da loja, fazendo a compra das mercadorias, dando como endereço de entrega a cidade de Barra do Garças. Para dificultar o descobrimento da sua identidade, o suspeito utilizava nomes e endereços falsos.

Leia mais:  Autor de homicídio na Capital tem prisão cumprida em Santo Antônio do Leverger

De posse dos produtos, a menor C.R.L fazia os anúncios das mercadorias na sua página pessoal na Rede Social Facebook, comercializando os itens por preços muito abaixo do mercado, causando um prejuízo aproximado de R$ 35 mil a vítima.

Com base nos levantamentos, os policiais da Derf Barra do Garças deflagraram a ação com alvo na dupla de golpistas, conseguindo recuperar vários equipamentos, avaliados em R$ 10 mil, minimizando assim o prejuízo da vítima.

Conduzido a delegacia, suspeito W.G.C foi autuado em flagrante pelo crime de receptação e corrupção de menores e será submetido a audiência de custódia. Segundo o Delegado Wilyney Santana Borges Leal, que coordenou a operação, as investigações prosseguirão para saber como o suspeito teve acesso aos dados dos cartões clonados.

 

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIZ DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana