conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende homicida foragido de Tocantins que utilizava nome de irmão para não ser descoberto

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um foragido da Justiça que utilizava o nome do irmão para não ser descoberto foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (30.08), após ter seu verdadeiro nome identificado pelos policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul).

O suspeito, Renato Brito de Alencar, 34, estava com a ordem de prisão decretada pela Justiça de Tocantins por crime de homicídio. As investigações iniciaram há cerca de dois meses, quando durante uma abordagem policial o suspeito se apresentou com o nome do irmão (Walmor Brito Alencar), porém não apresentou documentos pessoais.

Em checagem no sistema, foi possível verificar diversas passagens criminais anteriores em nome de Walmor pelos crimes de furto (consumado e tentado), tráfico de drogas, dano, além de vários boletins de ocorrência de extravio de documentos.

Desconfiando que o suspeito havia mentido o nome, os policiais da Derf Rondonópolis iniciaram o trabalho investigativo para descobrir a sua verdadeira identidade, Durante cruzamento de dados, os policiais descobriram o mandado de prisão em aberto em nome de Renato Brito Alencar, que em tese seria irmão do investigado, expedido pela Comarca de Araguaçu (TO).

Leia mais:  COMUNICADO – DEDETIZAÇÃO DELEGACIA DE ENTORPECENTES

Em continuidade as checagens, os policiais encontraram uma fotografia do suspeito “Walmor”, ocasião em que foi possível perceber que o investigado não era a mesma pessoa que se apresentava, se tratando na verdade de Renato Brito Alencar.. Com a constatação, iniciaram novos trabalhos de buscas pelo foragido, que foi detido pelos policiais da Derf Rondonópolis, na sexta-feira (30), na região Central de Rondonópolis.

Na abordagem, o suspeito novamente se apresentou com o nome de Walmor, porém questionado, o suspeito acabou confessando o verdadeiro nome e revelou que passava pelo seu irmão para não ser descoberto pela Polícia. Diante das evidências, o foragido foi conduzido a Derf Rondonópolis, onde foram tomados os procedimentos de praxe para cumprimento da ordem de prisão.

publicidade

Policial

Campo Novo do parecis-Homem tenta matar atual namorado da ex e acaba ferido em MT

Publicado

Jovem de 23 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite de domingo (17), no bairro Jardim das Palmeiras, em Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste de Cuiabá). O suspeito do crime foi preso, ele é ex-namorado da atual namorada da vítima.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o chamado via 190 aconteceu por volta das 19h. A denúncia relatou que estava acontecendo uma briga em uma das rus do bairro.

Quando a PM chegou, encontrou a vítima já com lesões devido às agressões. O rapaz contou que há dias vem recebendo ameaças de morte do ex-namorado da sua atual.

E que no domingo, após chegar de viagem, foi atacado pelo homem. Ele conseguiu escapar e pegou uma cadeira, jogando contra o acusado, que ficou ferido na cabeça.

Ele foi localizado e encaminhado para uma unidade de saúde, onde recebeu atendimento médico. Em seguida, foi preso e encaminhado para a delegacia, onde o caso foi registrado.

FONTE:FOLHA MAX

Leia mais:  PRF apreende 31kg de pasta base de cocaína em fiscalização na BR-070 em Poconé

Continue lendo

Policial

Menino de 2 anos é internado com sinais de espancamento em MT

Publicado

Menino de 2 anos deu entrada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Juína (735 km a Noroeste em Cuiabá), na madrugada de domingo (17), com sinais de espancamento. Além de vários hematomas pelo corpo, ele está com traumatismo craniano.

De acordo com as informações, a criança chegou no na unidade já desacordada em companhia da mãe, uma adolescente de 17 anos. Para a equipe de plantão, ela contou que ele havia caído e que por isso estava com os hematomas.

Após os exames realizados na criança, os profissionais entenderam que as lesões podem não ter sido causadas por uma queda acidental e sim por espancamento. Polícia Militar, Civil e Conselho Tutelar foram acionados para acompanhar o caso. A mãe do menino relatou que ele caiu e bateu a cabeça em uma pedra durante a tarde, mas que só foi levado para a unidade de saúde na madrugada, já desacordado.

Polícia Civil solicitou exames de corpo de delito e abriu uma investigação. A reportagem entrou em contato com o delegado Romildo Nogueira, mas não obteve sucesso.

Leia mais:  Homem de 64 anos procura Polícia Civil e confessa morte de mulher há 25 anos

Já o Conselho Tutelar informou que está acompanhando o caso. A criança segue internada em coma e até a manhã desta segunda-feira (18), médicos e conselheiros buscavam uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em pediatria de Cuiabá.

Ministério Público Estadual (MPE) em Juína também foi procurado com o objetivo de ajudar na busca por uma vaga na UTI. “A mãe da criança alega que ela caiu. Acompanhamos ela, por ser menor, durante o depoimento na delegacia. O padrasto também foi ouvido e liberado em seguida”, explicou a conselheira Elaine.

A avó do menino disse ao site JuínaNews que acredita na versão de espancamento, já que no domingo passado, o padrasto já havia agredido o menino e jogado uma moto em cima dele.

FONTE:FOLHA MAX

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana