conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Militar localiza e recupera oito veículos roubados na capital e no interior

Publicado

A Polícia Militar localizou e recuperou oito veículos, entre automóveis, motocicletas e um caminhão, nas cidades de Cuiabá, Cáceres, Sapezal e Rondonópolis, no último fim de semana (entre os dias 10 e 11.08). As ações fazem parte da Operação Tempus, deflagrada pela PM no dia 05 de agosto.

Na Capital, uma barreira policial resultou na prisão dos suspeitos P.R.F.S., 20, e E.M.S., 26,  por conduzir uma motocicleta furtada no bairro Três Barras. A motocicleta Honda CG 125 foi apreendida e os dois homens conduzidos para a delegacia.

Em Cáceres, policiais receberam informações, via 190, de que um carro Fiat Pálio Weekend estava capotado e abandonado às margens da rodovia MT – 343, nas proximidades da Comunidade Chapadinha, zona rural do município. O automóvel foi encaminhado ao pátio da Central de Flagrantes.  

No município de Sapezal, um Fiat Strada foi recuperado e um adolescente de 15 anos foi apreendido por roubo de veículos. O suspeito foi pego após pedir carona a um idoso de 81 anos e levar o carro do aposentado. O carro foi recuperado durante diligências no bairro Jardim Sapezal e o menor de idade foi apreendido após tentar fugir do cerco policial. 

Leia mais:  MTI abre seleção para jovem aprendiz; veja como se inscrever

Em Rondonópolis, a PM recuperou cinco veículos. Um carro foi apreendido pelos policiais militares, no bairro Sumaré, e o casal L.S.F., 29 anos, e V.N., 30 anos, foi preso por receptação. A prisão ocorreu após uma denúncia de que o casal estaria com um veículo roubado estacionado em sua garagem. Ao checar as informações, os policiais confirmaram que carro havia sido roubado. A Polícia também encontrou um mandado de prisão em aberto contra L.S.F. O carro foi apreendido e os suspeitos presos e encaminhados à delegacia.

A equipe da Polícia Militar também localizou uma pick-up Volkswagen Amarok, abandonada no bairro São Sebastião. O carro estava com as portas abertas, sem as chaves e com os documentos no interior. O veículo foi levado ao pátio da delegacia de Polícia.

Outro veículo localizado pela PM foi um Fiat Uno, que estava abandonado com as portas abertas, sem bateria e estepe, no bairro Parque Universitário. O veículo havia sido furtado e foi encaminhado à delegacia.

Na região central do município, o suspeito W.F.S., 35 anos, foi preso por furto de uma motocicleta. O veículo foi recuperado após funcionários acionarem os policiais. O homem foi preso na Avenida Cuiabá e foi encaminhado para Central de Flagrantes.

Leia mais:  Código de Terras de Mato Grosso sofre primeira mudança em 40 anos

Militares em patrulhamento pelo bairro Alta Vista Parque identificaram um carro modelo HB20 com uma placa falsa e chassi adulterado. O veículo havia sido furtado. O proprietário confirmou o fato e o carro foi apreendido e o condutor encaminhado à delegacia para providências.

Serviço

A sociedade pode contribuir  com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Doadores de sangue poderão ganhar luvas autografadas pelo campeão de boxe Popó

Publicado

Com objetivo de atrair doadores e aumentar o número de coletas de sangue para reforçar os estoques de final de ano, o MT Hemocentro firmou uma parceria com a equipe dos Jogos dos Amigos Pela Solidariedade, que sorteará, na próxima sexta-feira (13.12), um par de luvas autografadas pelo tetracampeão mundial de boxe Popó Freitas.

O sorteio, que acontecerá na sede do Banco de Sangue Público de Mato Grosso, contemplará pessoas que doarem sangue voluntariamente entre os dias 9 e 12 de dezembro.

Popó Freitas é um dos protagonistas do evento deste ano. Além das luvas autografadas, o doador voluntário de sangue sorteado também vai garantir uma vaga para jogar a partida de futsal junto aos craques dos times liderados pelo ex-pugilista e pelo jogador de futebol profissional Bruno Peres.

O jogo ocorrerá no sábado (14.12), às 20h, no Ginásio Fiotão, em Várzea Grande. O evento Amigos Pela Solidariedade é uma ação social que ocorre anualmente em Mato Grosso, desde 2012, e visa beneficiar pessoas carentes. Participam da ação diversos jogadores de futebol, cantores, atores, youtubers e artistas renomados. A entrada para o jogo é 3kg de alimentos não perecíveis.

De acordo com informações da diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, a parceria busca atrair mais doadores, pois, no final de ano, a unidade precisa aumentar o quantitativo de bolsas de sangue para atender à alta demanda nos períodos festivos.

Leia mais:  Código de Terras de Mato Grosso sofre primeira mudança em 40 anos

“O mês de dezembro é o período mais crítico, temos uma demanda muito intensa, pois nos meses de férias sobe o número de pessoas acidentadas, que precisam passar por cirurgias e necessitam de sangue. Por isso essa campanha é muito importante, vai ajudar no chamamento de doares para reforçar os nossos estoques”, explicou.

Requisitos para doação de sangue

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é obrigatória a apresentação de documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente. O processo para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, pois o material usado na coleta do sangue é descartável, eliminando qualquer possibilidade de contaminação.

Para doar sangue, é necessário estar em bom estado de saúde e seguir os seguintes passos:

– Estar alimentado e evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação de sangue;

– Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas;

– Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;

– Pessoas com idade entre 60 e 69 anos só poderão doar sangue se já o tiverem feito antes dos 60 anos;

Leia mais:  Sefaz autua transportadoras por sonegação fiscal

– A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para a mulher;

– O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres;

Agenda de doação em dezembro

Após o encerramento da campanha com a equipe dos jogos Amigos Pela Solidariedade, o MT Hemocentro continuará realizando normalmente as coletas de sangue na unidade. Na agenda do mês de dezembro, está marcada a coleta externa do Hemobus para o dia 18 de dezembro, que ficará estacionado no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Serviço

Os voluntários interessados em doar sangue podem procurar o MT Hemocentro. A sede do banco de sangue está localizada na Rua 13 de Junho, n 1055, Porto, em Cuiabá. Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (65) 3623-0044, ramal 220, 221 e 225. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Já a Unidade de Coleta do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá está localizada na Rua General Vale, N 182, bairro Bandeirantes. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Conselheiros aprovam proposta de alteração de alíquota previdenciária para 14%

Publicado

O Conselho de Previdência de Mato Grosso aprovou nesta segunda-feira (09.12) a proposta que altera de 11% para 14% a alíquota de contribuição de servidores públicos do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público Tribunal de Contas e Defensoria Pública. O texto seguirá ainda nesta semana para a Assembleia Legislativa.

A votação ocorreu após o Executivo propor aos conselheiros o desmembramento do projeto original, já que a alíquota precisa passar por alteração para seguir a determinação da Emenda Constitucional 103/2019, que sinaliza que Estados e municípios não podem ter alíquota menor do que os 14% estipulados pela União.

As demais regras da Reforma da Previdência Estadual continuam sendo discutidas pelos conselheiros na próxima segunda-feira (16.12). De acordo com o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, com a aprovação da proposta, o Estado segue buscando o diálogo com os servidores e demais Poderes envolvidos, no entanto, de acordo com o que está determinado na Constituição.

“Isso já foi aprovado pelo Congresso Nacional e nós estamos apenas aderindo aquilo que já passou por aprovação. Estamos buscando sempre o diálogo, mas neste caso não foge do que foi aprovado em Brasília. As demais regras da reforma estadual serão discutidas na próxima reunião, que acontecerá na segunda-feira”, explicou Carvalho.

Leia mais:  Projeto que regulariza incentivos fiscais é aprovado pela Assembleia Legislativa

Caso seja aprovada pela Assembleia Legislativa, o aumento da alíquota de contribuição passa a vigorar quatro meses após a publicação oficial. Após a votação, o governador Mauro Mendes lembrou do curto prazo que o conselho tem para a aprovação das demais regras.

“Nós precisamos dar continuidade a esta discussão, porque dela dependerá o cálculo atuarial para que nós possamos fazer o nosso plano de custeio. Está muito claro que temos que urgentemente tomar essa decisão sob risco de comprometermos a regularidade fiscal de Mato Grosso”, pontuou Mendes.

A não aprovação de uma reforma previdenciária estadual pode levar Mato Grosso a ficar sem o Certificado de Regularidade Previdenciária e consequentemente, impedido de receber financiamentos e transferências da União, entre outras vedações.

A proposta do Executivo que será discutida na próxima reunião pretende mudar a idade mínima das aposentadorias, que passaria de 65 anos para homens e 62 para mulheres, exceto para algumas carreiras que tem regras próprias como professores e militares.

“A Reforma da Previdência em âmbito estadual se faz necessária porque temos um déficit financeiro em R$ 1,4 bilhão previsto para 2020. E caso não seja aprovada, em 10 anos este número pode chegar a R$ 31 bilhões”, pontuou diretor-presidente do Mato Grosso Previdência, Elliton Oliveira de Souza.

Leia mais:  CGE orienta servidores quanto ao acúmulo irregular de cargos

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana