conecte-se conosco


Esportes

Roni é solto após ser preso por fraude e sonegação durante Botafogo x Palmeiras

Publicado


Ex-jogador Roni sendo levado pela polícia do Distrito Federal
MICHAEL MELO/METRÓPOLES

Ex-jogador Roni sendo levado pela polícia do Distrito Federal

O ex-jogador Roni, de 42 anos, foi solto na noite deste domingo pela Justiça, um dia após ser preso no sábado na partida entre Botafogo e Palmeiras, no Mané Garrincha, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro. O ex-atacante é acusado de fraude e sonegação de jogos que tiveram o mando de campo adquiridos pela sua empresa, a produtora Roni7.

A Polícia Civil do Distrito Federal apreendeu documentos, que ainda vão ser analisados para poder calcular o valor da fraude. O grupo é acusado de informar uma arrecadação menor do que a verdadeira para pagar menos taxas e impostos. Há indícios de fraude em ao menos quatro jogos que tiveram os mandos de campo adquiridos pela empresa do ex-jogador Roni , que foi preso sábado no estádio Mané Garrincha , em Brasília.

Leia também: Polícia cita jogo do Corinthians na investigação de fraudes do ex-jogador Roni

Além da partida de sábado, entre Botafogo e Palmeiras , outras três realizadas em fevereiro estão sob suspeita: Vasco x Fluminense, pelo Campeonato Carioca, no dia 2, em Brasília; Corinthians x Ferroviário, pela Copa do Brasil, dia 7, no Estádio do Café, em Londrina (PR); e Serra x Vasco, pela Copa do Brasil, dia 20, no Kleber Andrade, em Cariacica (ES). Cerca de outras 20 partidas realizadas desde 2015 também podem ter sido fraudadas.

Os documentos apreendidos ainda serão analisados para poder calcular o valor da fraude. O grupo é acusado de informar uma arrecadação menor do que a verdadeira para pagar menos taxas e impostos. Até o momento, a Polícia Civil trata os clubes e federações dos times que venderam o mando de campo como vítimas, uma vez que tiveram a arrecadação prejudicada, mas nenhuma linha de investigação está descartada.

Leia mais:  Terraplanismo: Conheça o primeiro clube que defende a teoria da conspiração

Ao todo, sete pessoas tiveram a prisão decretada por 48 horas na operação deflagrada enquanto Botafogo e Palmeiras se enfrentavam. Não está descartada a possibilidade de pedir à Justiça a prorrogação das prisões.

Outros crimes


ex-jogador Roni
Reprodução

Ex-jogador Roni, que passou por vários clubes no Brasil

De acordo com a Polícia Civil , há indícios mais concretos de crimes de estelionato, associação criminosa, falsidade ideológica e sonegação fiscal . Também há possibilidade de ocorrência de lavagem de dinheiro.

“Há indícios (de lavagem de dinheiro), mas está sendo melhor apurado. Há indícios desses quatro (crimes), faltando delinear alguma prova”, afirmou o delegado Ricardo Fernandes Gurgel, diretor da Divisão de Repressão aos Crimes contra a Ordem Tributária da Polícia Civil do DF.

Leia também: Lutador de UFC quebra casa da família, bate na ex-mulher e leva filho de 5 meses

Havia duas formas de fraude. Uma, divulgando um público menor do que o presente. Outra, comunicando um número maior de ingressos de cortesia do que de fato havia, o que permitia reduzir o valor da arrecadação. Com isso, eram pagas taxas e impostos menores, já que eles são calculados com base na renda do jogo.

As empresas de Roni, ex-atacante de Fluminense e Flamengo, organizavam o jogo e a venda de ingressos, tendo total controle sobre as informações de arrecadação, o que facilitava a fraude.

Leia mais:  Özil e Kolasinac reagem a tentativa de assalto em Londres; veja no vídeo

Em relação às federações das cidades que receberam as partidas, a apuração também prossegue para saber seu real envolvimento. Entre os presos no sábado está o presidente da Federação Brasiliense de Futebol (FBF), Daniel Vasconcelos.

Também foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão. A investigação começou em 2017.

“No estádio foram apreendidos computadores e HDs com o material da venda de ingresso do estádio, inclusive o banco de dados com as contas do borderô do jogo”, disse o delegado Leonardo de Castro.

Ação sem atenção

No sábado, foram empregados 150 policiais na operação, chamada “Episkiros”, dos quais 50 apenas no Mané Garrincha. O nome é uma referência a um jogo de bola na Grécia antiga. A ação da polícia no estádio ocorreu sem chamar a atenção do público.

“O sucesso da operação seria não só a prisão de todos os envolvidos e a busca do material de prova, mas também que ninguém que estivesse no estádio para assistir ao jogo notasse alguma ação da polícia”, disse Leonardo de Castro.

Leia também: Empresário é preso por assediar jogadores das categorias de base da Roma

Há dois jogos programados no Mané Garrincha em junho. Um é o amistoso entre Brasil e Qatar, dia 5, mas a Polícia Civil informou que a empresa de Roni não está envolvida na organização. A outra partida é entre CSA e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, no dia 12. Segundo a Secretaria de Esporte do DF, essa partida não teve seu mando de campo comprado por Roni.

Fonte: IG Esportes
publicidade

Esportes

Mkhitaryan troca o Arsenal pela Roma; Chicharito também deixa a Inglaterra

Publicado

Atacante Chicharito Hernandez trocou o West Ham pelo Sevilla arrow-options
Twitter Oficial/Reprodução

Atacante Chicharito Hernandez trocou o West Ham pelo Sevilla

O último dia de janela de transferências na Europa está sendo bastante movimentado. Nesta segunda-feira, a Roma anunciou a chegada do meia armênio Mkhitaryan , do Arsenal, que chega por empréstimo de uma temporada.

Leia também: Mais um europeu? Flamengo tenta a contratação do italiano Marchisio

Outro negócio que pintou nesta segunda-feira no mercado da bola do Velho Continente foi a contratação do atacante mexicano Chicharito Hernández pelo Sevilla. Ele estava no West Ham, da Inglaterra.

Nesta segunda, o meia armênio desembarcou em Roma e foi recebido por uma multidão no aeroporto. Assim que deixou o avião, foi cercado por torcedores, que o vestiram com um cachecol do clube italiano.

Mkhitaryan fica cedido ao time da capital por um ano, com opção de compra ao final do contrato.

Mkhitaryan foi recebido com festa pela torcida da Roma arrow-options
Twitter/Reprodução

Mkhitaryan foi recebido com festa pela torcida da Roma

Negociado pelo West Ham, Chicharito foi anunciado pelo Sevilla nesta manhã. Aos 31 anos de idade, o atacante já rodou por diversos clubes como Chivas Guadalajara, Manchester United, Real Madrid e Bayer Leverkusen.

Leia mais:  Tardelli desencanta e Grêmio bate o Libertad com um a jogador menos na Arena

O clube espanhol pagou 7,75 milhões de euros (cerca de R$ 35,2 milhões) pelo atleta, que assinou até 2022.

Fonte: IG Esportes
Continue lendo

Esportes

Mãe palmeirense que narra jogos a filho deficiente visual disputa prêmio da Fifa

Publicado

Nickollas ao lado da mãe Silvia Grecco arrow-options
Reprodução / Instagram

Nickollas ao lado da mãe Silvia Grecco

A história de Silvia Grecco e de seu filho Nickollas, ambos torcedores do Palmeiras, emocionou o Brasil. A mãe acompanha o garoto, que é deficiente visual, e narra cada lance da partida do clube para ele. O gesto chamou tanto a atenção que ela é uma das indicadas na categoria Fã do prêmio ‘The Best’ da Fifa.

Leia também: Fifa anuncia finalistas para prêmio de melhor do mundo. Quem deve ganhar? Vote

Silvia pediu a ajuda dos brasileiros para votarem e elegerem ela e  Nickollas os vencedores do troféu. Basta clicar nesse  link que vai direto para votar no prêmio da Fifa .

“Saímos do anonimato e ganhamos o mundo com a nossa história contada pelo jornalista @maureliosouza. O esporte, especialmente o futebol, pode transformar a vida das pessoas com deficiência. Agora tivemos o privilégio de sermos indicados para o FIFA FOOTBALL AWARD na categoria torcedores! A nossa missão é levantar a nossa bandeira de inclusão, amor e respeito com a pessoa com deficiência. Ajude a gente votando no link da bio”, escreveu Silvia no Instagram.

Leia mais:  Com Neymar perto do Barcelona, Real Madrid deve investir para ter Pogba

A família torcedora do Palmeiras concorre ao prêmio da Fifa com a torcida holandesa da Copa do Mundo de Futebol Feminino (que ficou conhecida como ‘a maré laranja’ durante os jogos na França) e contra o uruguaio Justo Sánchez, que é torcedor do Cerro Porteño e passou a seguir o Rampla Juniors, após a morte do filho, Nico, em 2016. O jovem, que fazia parte de uma organizada do clube, sofreu um acidente de carro e morreu.

Fonte: IG Esportes
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIZ DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana