conecte-se conosco


Carros

Scania mostra caminhão autônomo sem cabine para motorista

Publicado

Conceito AXL foi criado para operar em minas e canteiros de obras.

Caminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: DivulgaçãoCaminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: Divulgação

Caminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: Divulgação

A Scania apresentou nesta terça-feira (24) um conceito de caminhão autônomo sem cabine.

Chamado de AXL, ele foi pensado para operar em minas e canteiros de obras, locais mais propícios para o desenvolvimento dos autônomos, já que são ambientes com circulação controlada.

A própria Scania já testa há algum tempo caminhões autônomos. A novidade é que todos, até então, possuíam uma cabine e um motorista de prontidão, para situações de emergência.

Caminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: DivulgaçãoCaminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: Divulgação

Caminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: Divulgação

O AXL é monitorado remotamente. A operação em minas, segundo a Scania, é facilitada por ter um sistema de logística já definido, que informa ao veículo como a tarefa deve ser executada.

Para isso, ele conta com sensores, câmeras, radares e lidares, que monitoram todo o ambiente em volta. Mesmo sem a cabine, a Scania criou um desenho que preserva a identidade dos caminhões da marca.

Leia mais:  Investimento da Fiat de R$ 7,5 bi vai para novos SUVs

“O desenvolvimento de veículos autônomos fez grandes progressos nos últimos anos. Nós ainda não temos todas as respostas, mas por meio de veículos-conceito como o Scania AXL, abrimos novos caminhos e continuamos a de forma veloz”, disse o chefe de pesquisa e desenvolvimento da Scania, Claes Erixon.

A Scania equipou o AXL com um motor a combustão, mas que roda com biocombustíveis (não especificados pela empresa).

A Volvo, conterrânea e rival da Scania, também já mostrou um conceito de caminhão autônomo sem cabine. Embora ainda sejam conceitos, eles não devem demorar a ganhar versões de produção.

Caminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: DivulgaçãoCaminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: Divulgação

Caminhão autônomo sem cabine da Scania — Foto: Divulgação

publicidade

Carros

Novo Volkswagen Polo GTS será vendido por R$ 103.440

Publicado

Volkswagen Polo GTS chega às lojas no fim de janeiro e já tem tabela de preço sugerido divulgada pelas concessionárias

O Volkswagen Polo GTS, versão esportiva do hatch compacto da marca, será vendido por R$ 103.440. Pelo menos é este o preço que aparece em uma tabela de uma concessionária conseguida com exclusividade pelo perfil do Instagram @polomk6club.

INSCREVA-SE NO CANAL DO JORNAL DO CARRO NO YOUTUBE

O modelo começa a ser vendido no fim de janeiro e tem motor 1.4 TSI de 150 cv. Este preço da lista da loja mostra o carro na cor cinza metálica, com a qual ele aparece em todas as fotos de divulgação. E com o som Beats como opcional.

Se retirados estes dois itens, que são opcionais em outras versões do Polo, o preço cai para R$ 99.470. Mas como só há esta versão na lista, é possível que ele venha sempre com este pacote. Pelo menos em um primeiro momento.

Polo GTS já foi avaliado

O Jornal do Carro, inclusive, já avaliou o Polo GTS, em algumas voltas com ele no autódromo da Fazenda Capuava, no interior de São Paulo. O resultado foi positivo, no fim da avaliação. Veja como ele se comportou lendo a avaliação que está aqui!

Leia mais:  Honda Civic 2020 ganha visual retocado, perde câmbio manual e parte de R$ 97.900

Fonte:Jornal do Carro

Continue lendo

Carros

Corolla fica até R$ 5 mil mais caro em 2020

Publicado

Nova tabela tem aumentoa entre R$ 2 mil e R$ 5 mil em todas as versões do sedã. Corolla agora parte de R$ 101.990

Toyota mal esperou 2020 começar para revelar a nova tabela de preços do Corolla, a novidade de 2019. E, como previsto, todas as versões do sedã ficaram mais caras com a virada do ano. Agora, a variante mais “em conta”, a GLi 2.0, custa R$ 101.990. A alta foi de R$ 2 mil em relação ao ano passado.

A versão intermediária XEi 2.0 também aumentou R$ 2 mil e foi a R$ 112.990. A Altis subiu R$ 4 mil e foi a R$ 128.990. Todas são equipadas com o motor 2.0 de 177 cv e 21,4 mkgf associado ao câmbio automático CVT. A versão Altis Hybrid custava o mesmo variante 2.0 e também passou a R$ 128.990.

Mais caro que Prius

O maior aumento ficou para a “cereja do bolo” e uma das versões mais procuradas do Corolla. A Altis Premium Hybrid subiu R$ 5 mil e chega a custar R$ 135.990. O novo preço deixou o Corolla de topo mais caro até que o Prius, vendido por R$ 134.990 ainda na linha 2019.

Leia mais:  Substituta da Fiat Strada é flagrada em testes e chega em 2020

Os Corolla de topo são bem equipados. Há itens como controle de cruzeiro adaptativo, ar-condicionado de duas zonas, chave presencial com partida por botão e alertas de faixa de rolamento e ponto cego. A central multimídia tem Apple CarPlay e Android Auto.

A diferença do Corolla híbrido para o Prius é que o motor 1.8 é flexível e ligeiramente mais potente, com 101 cv ante 98 cv modelo japonês. No entanto, o Prius tem itens não disponíveis no Corolla, como sistema de som com alto-falantes da JBL e carregador sem fio para celulares.

Fonte:Jornal do Carro

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIX DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana