conecte-se conosco


Mato Grosso

“Semana da Criança Segura no Trânsito” encerra com entrega de brinquedos

Publicado

A Gerência de Ações Educativas do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) encerrou, nesta sexta-feira (11.10), as ações da “Semana da Criança Segura no Trânsito”, com atividades interativas para crianças do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) João Crisóstomo de Figueiredo, localizado no bairro Doutor Fábio, em Cuiabá.

Os servidores da gerência passaram, através de atividades lúdicas, orientações sobre as regras de segurança das crianças no trânsito. Ao final, foram distribuídos brinquedos, em comemoração ao Dia das Crianças, para a alegria da garotada.

Conforme o diretor do CMEI, Celso da Silva, foi um privilégio receber a ação do Detran na unidade. “Parabenizo a autarquia pela iniciativa, pois acredito que é dessa forma que iniciamos a educação para o trânsito, começando pelas crianças”, disse.

Segundo a gerente de Ações Educativas do Detran-MT, Rosane Pölzl, levar informações sobre a educação para o trânsito para dentro das escolas é fundamental para ensinar as crianças desde pequenas sobre como se comportar no trânsito.

Leia mais:  Polícia Civil descobre esconderijo do tráfico com 30 quilos de maconha e bloqueadores de sinais

A pequena Izabely, de 03 anos, disse ter adorado a atividade. “Eu achei muito legal a palestra e aprendi que não pode atravessar a rua sem olhar para os dois lados e também temos que atravessar na faixa de pedestre”, falou.

A programação da “Semana da Criança Segura no Trânsito” ocorreu em cinco escolas municipais de Cuiabá, levando palestras a alunos e professores da educação básica sobre os cuidados e orientações quanto a segurança no trânsito.

As unidades foram escolhidas por estarem localizadas próximas a vias de grande circulação de veículos e não contarem com semáforos para trazer uma maior segurança das crianças e seus responsáveis, ao atravessarem a rua ou ao desembarcarem e embarcarem nos portões das escolas.

Atualmente o número de veículos nas ruas tem aumentado e as crianças saem mais de casa. Devido à baixa estatura, muitos motoristas não conseguem enxergar onde elas se encontram, e os pequenos também não conseguem ver o carro se aproximando, não avaliando o risco que correm.

“Por isso é importante passarmos os conceitos de segurança primária no trânsito, para que as crianças se tornem adultos mais responsáveis nas vias”, completou a analista do serviço de trânsito da Gerência de Ações Educativas de Trânsito do Detran-MT, Zoraide Barbosa Almeida Urcino.

Leia mais:  Bope faz operação simulada de resgate e roubo com reféns em Cuiabá

(Sob supervisão da jornalista Lidiana Cuiabano)

Fonte: GOV MT
publicidade

Mato Grosso

Onça parda é capturada em residência de Cáceres e solta novamente na mata

Publicado

Uma onça parda que foi retirada de dentro de uma residência, no bairro Cavalhada, em Cáceres, foi capturada sem ferimentos e solta em uma região de mata. A ação ocorreu de forma conjunta entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Diretoria de Unidade Desconcentrada de Cáceres, Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, Juizado Volante Ambiental (Juvam) ,Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Prefeitura de Cáceres.

Toda a ação foi acompanhada pelos médicos veterinários Ederson Viaro e Reginaldo Bicudo, que auxiliaram na retirada do animal. Eles realizaram o procedimento de captura por meio de dardos anestésicos para longas distâncias.

“Após 20 minutos o animal estava sedado e foi acondicionado em uma jaula para ser solto novamente na natureza. É um macho entre 45 e 50 kg e com idade entre 18 e 24 meses. Ele estava em perfeito estado de saúde, sem escoriações ou lesões aparentes, bem hidratado, sem febre, sem ectoparasitos”, explicou Ederson Viaro, que se deslocou de Lambari D’ Oeste para ajudar na operação.

Leia mais:  Polícia Civil descobre esconderijo do tráfico com 30 quilos de maconha e bloqueadores de sinais

De acordo com Ederson, moradores locais relataram que, apesar de ser uma área urbana, situa-se nas proximidades de um córrego e do Rio Paraguai e que o local tem presença frequente de capivaras. “Desta forma, um dos prováveis motivos foi que a onça, em perseguição a um animal, se assustou com a presença de cães ou pessoas e adentrou na residência para se proteger”, pontuou o médico veterinário.

O diretor da Regional de Cáceres, Luiz Sérgio Garcia, explicou que a operação de captura ocorreu a partir de uma denúncia pelo 190 e a comunicação aos órgãos ambientais. A participação da Sema e Polícia Militar Ambiental se justificou pelo fato do animal se encontrar cativo dentro de uma residência. Em casos de animais silvestres que aparecem em ruas de vilas ou bairros a responsabilidade é do Ibama e ICMbio, que fazem o Manejo de Fauna em Vida Livre.

Após a avaliação clínica, Sema, Polícia Militar Ambiental e os médicos veterinários decidiram realocar o animal nas proximidades de onde se encontrava, na BR-174, em um ambiente semelhante ao habitat que vivia.

Leia mais:  Reunião do Fórum Mato-grossense tem como foco agricultura familiar

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Onça é capturada em residência de Cáceres e solta novamente na mata

Publicado

Uma onça parda que foi retirada de dentro de uma residência, no bairro Cavalhada, em Cáceres, foi capturada sem ferimentos e solta em uma região de mata. A ação ocorreu de forma conjunta entre Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Diretoria de Unidade Desconcentrada de Cáceres, Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, Juizado Volante Ambiental (Juvam) ,Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Prefeitura de Cáceres.

Toda a ação foi acompanhada pelos médicos veterinários Ederson Viaro e Reginaldo Bicudo, que auxiliaram na retirada do animal. Eles realizaram o procedimento de captura por meio de dardos anestésicos para longas distâncias.

“Após 20 minutos o animal estava sedado e foi acondicionado em uma jaula para ser solto novamente na natureza. É um macho entre 45 e 50 kg e com idade entre 18 e 24 meses. Ele estava em perfeito estado de saúde, sem escoriações ou lesões aparentes, bem hidratado, sem febre, sem ectoparasitos”, explicou Ederson Viaro, que se deslocou de Lambari D’ Oeste para ajudar na operação.

Leia mais:  CGE investiga empresas de tecnologia por fraudes em licitações e contratos

De acordo com Ederson, moradores locais relataram que, apesar de ser uma área urbana, situa-se nas proximidades de um córrego e do Rio Paraguai e que o local tem presença frequente de capivaras. “Desta forma, um dos prováveis motivos foi que a onça, em perseguição a um animal, se assustou com a presença de cães ou pessoas e adentrou na residência para se proteger”, pontuou o médico veterinário.

O diretor da Regional de Cáceres, Luiz Sérgio Garcia, explicou que a operação de captura ocorreu a partir de uma denúncia pelo 190 e a comunicação aos órgãos ambientais. A participação da Sema e Polícia Militar Ambiental se justificou pelo fato do animal se encontrar cativo dentro de uma residência. Em casos de animais silvestres que aparecem em ruas de vilas ou bairros a responsabilidade é do Ibama e ICMbio, que fazem o Manejo de Fauna em Vida Livre.

Após a avaliação clínica, Sema, Polícia Militar Ambiental e os médicos veterinários decidiram realocar o animal nas proximidades de onde se encontrava, na BR-174, em um ambiente semelhante ao habitat que vivia.

Leia mais:  Câmara dos Deputados divulga projetos pré-selecionados do Parlamento Jovem Brasileiro

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

SÃO FELIZ DO ARAGUAIA

POLÍTICA MT

POLICIAL

MATO GROSSO

POLÍTICA NACIONAL

ESPORTES

MULHER

Mais Lidas da Semana